Biblioteca Pe. Moreau

Início » Novas Aquisições » Biblioteca Central » Literatura Brasileira / Estrangeira

Literatura Brasileira / Estrangeira

JUNHO – SETEMBRO / 2017

Apetece-lhe Pessoa? – Fernando Pessoa – Peirópolis
Apetece-lhe PessoaSinopse: Esta pequena e aparentemente despretensiosa antologia poética de um dos maiores poetas da língua portuguesa de todos os tempos é, em realidade, bastante ousada. A começar porque nasceu originalmente como um CD de áudio, gravado e produzido pelo poeta português José Jorge Letria, com este mesmo exato título. O CD cruzou o oceano, arrebatando uma nova leitora, a escritora brasileira Susana Ventura, que gravou novos poemas para Letria e reuniu todos eles – e muitos outros, neste livro de ler e ouvir.
Fique comigo – Harlan Coben – Arqueiro
Fique comigoSinopse: A vida de Megan Pierce nem sempre foi um mar de rosas. Houve uma época em que ela nunca sabia como seria o dia seguinte. Mas hoje é mãe de dois filhos, tem um marido perfeito e a casa dos sonhos de qualquer mulher – e, apesar disso, se sente cada vez mais insatisfeita. Ray Levine já foi um fotógrafo respeitado, mas agora, aos 40 anos, tem um emprego em que finge ser paparazzo para massagear o ego de jovens endinheirados obcecados em se tornar celebridades. Broome é um detetive incapaz de esquecer um caso que nunca conseguiu resolver: há 17 anos, um pai de família desapareceu sem deixar rastro. Todos os anos ele visita a casa em que a mulher e os filhos do homem esperam seu retorno. Essas pessoas levam vidas que nunca desejaram. Agora, um misterioso acontecimento fará com que seus caminhos se cruzem, obrigando-as a lidar com as terríveis consequências de fatos que pareciam enterrados havia muito tempo. E, à medida que se deparam com a faceta sombria do sonho americano – o tédio dos subúrbios, a angústia da tentação, o desespero e os anseios que podem se esconder nas mais belas fachadas –, elas chegarão à chocante conclusão de que talvez não queiram deixar o passado para trás.
Labirinto – Kate Mosse – Objetiva
LabirintoSinopse: Em Julho de 1209: na cidade francesa de Carcassonne, uma moça de 17 anos recebe do pai um misterioso livro, que ele diz conter o segredo do verdadeiro Graal. Embora Alaïs não consiga entender as estranhas palavras e símbolos escondidos naquelas páginas, sabe que seu destino é proteger o livro. Será preciso grandes sacrifícios e muita fé para garantir a segurança do segredo do labirinto – um segredo que remonta a milhares de anos, e aos desertos do antigo Egito… Julho de 2005: durante uma escavação arqueológica nas montanhas ao redor de Carcassonne, Alice Tanner descobre por acaso dois esqueletos. Dentro da tumba escondida onde repousavam os antigos ossos, experimenta uma sensação de malevolência impressionante, e começa a entender que, por mais impossível que pareça, de alguma forma ela é capaz de entender as misteriosas palavras ancestrais gravadas nas pedras. Mas já é tarde demais, Alice percebe que acaba de desencadear uma aterrorizante seqüência de acontecimentos que é incapaz de controlar, e que seu destino está irremediavelmente ligado à sorte dos cátaros, oitocentos anos antes.
O anexo – Sharon Dogar – Companhia das Letras
O anexoSinopse: Das oito pessoas que viveram escondidas com Anne Frank no anexo de um armazém em Amsterdam, durante dois anos da Segunda Guerra, apenas uma resistiu à barbárie dos campos de extermínio: o pai de Anne Frank, que se encarregou de publicar os diários da filha sobre o período em que viveram reclusos. Em O anexo, a escritora inglesa Sharon Dogar faz com o personagem Peter van Pels, de quinze anos, o que Otto fez com Anne: dar a oportunidade para que “fale” sobre a vida naquele ambiente claustrofóbico. Dogar inverte a perspectiva do diário da menina judia, fornecendo uma nova visão sobre os dois anos em que os Frank e os Van Pels (que Anne chamava de Van Daan em seus escritos) se esconderam perdas é a perda do amor. Para a autora, o fim do amor abre uma fissura na realidade por onde se introduzem as forças às vezes terríveis que nos habitam e que não conhecemos plenamente. Elas desencadeiam fatos que roçam o extraordinário, o inexplicável, fatos que introduzem novos estágios na vida de seus atores e que por isso podem ser vistos como ocasiões de amadurecimento: diante da dor e da perda, é preciso reorganizar-se para prosseguir. No período em que Peter ansiava pela liberdade das ruas e Anne se dedicava com afinco ao diário, ela imagina que os dois teriam se envolvido num romance furtivo. Para além do diário, a ficção de Sharon Dogar narra de forma comovente a chegada dos nazistas ao esconderijo, a viagem de trem até o campo de concentração — quando homens e mulheres são separados — e a luta de Peter, seu pai e Otto Frank para sobreviver ao horror dos campos. A autora recria assim uma história imperdível para os fãs do famoso diário. 
Caderno veloz de anotações, poemas e desenhos – Ricardo Azevedo – Melhoramentos
Caderno veloz de anotações, poemas e desenhosSinopse: O premiado escritor e ilustrador Ricardo Azevedo apresenta uma coletânea de poemas que, tratando de diversos temas, de política ao amor, nos faz refletir sobre quem somos e sobre nosso papel no mundo. O livro é repleto de desenhos do próprio autor, textos visuais que acompanham seus versos livres. Com referências a situações cotidianas, metafísicas, existenciais e afetivas, Ricardo, através de um eu lírico juvenil, mostra muito de si e, por meio dele, descobrimos muito de nós. Os versos são livres e compõem poemas que tocam fundo no leitor. As ilustrações são como outros poemas, versos ilustrados com vida e significados próprios. Tanto prosa como imagens estão no livro para serem lidos independentemente, tendo respeitadas e ressaltadas suas qualidades narrativas. Os poemas trazem referências textuais de outros poetas como Carlos Drummond de Andrade, Manuel Bandeira e Ferreira Gullar.
Claraboia – José Saramago – Companhia das Letras
ClaraboiaSinopse: Primavera de 1952. Um prédio de seis apartamentos numa rua modesta de Lisboa é o cenário principal das histórias simultâneas que compõem este romance da juventude de José Saramago. Os dramas cotidianos dos moradores – donas de casa, funcionários remediados, trabalhadores manuais – tecem uma trama multifacetada, repleta de elementos do consagrado estilo da maturidade do escritor, em especial a maestria dos diálogos e o poder de observação psicológica. As janelas, paredes e corredores do velho edifício lisboeta são testemunhas privilegiadas das pequenas tragédias e comédias representadas pelos personagens. As peripécias de Lídia, uma bela mulher sustentada pelo amante misterioso, e Abel, um jovem em>outsider à procura de um sentido para a vida, se contrapõem ao árduo cotidiano dos outros moradores. As narrativas paralelas do livro são organizadas segundo as divisões internas do prédio, do térreo ao segundo andar.
Coriandra – Sally Gardner – Companhia das Letras
CoriandraSinopse: No século XVII, a Inglaterra viveu um período de grande instabilidade política. Puritanos liderados por Oliver Cromwell depuseram o rei e tomaram o governo, instaurando uma série de novas – e rígidas – regras para os cidadãos. Mas Coriandra Hobie, filha de um próspero comerciante e de uma curandeira, não tinha motivos para se preocupar. Sua vida era uma sucessão de passeios e diversões, e em sua casa reinava a felicidade. Embora as más-línguas acusassem sua mãe de bruxaria, não havia indício de uma perseguição dos puritanos. Tudo muda quando ela recebe de um remetente misterioso um belo par de sapatos prateados. Ignorando as advertências da mãe, Coriandra calça os sapatos e, pouco depois, é transportada para um reino distante, onde se vê alçada à protagonista involuntária de uma antiga disputa pelo poder. Conforme o quebra-cabeça vai se montando, a garota percebe que há muito mais acontecendo na Inglaterra do que ela podia imaginar. Ora sombrio, ora extremamente delicado, Coriandra combina elementos da saga fantástica e do romance histórico, e deles extrai uma narrativa original e surpreendente.
O dia do Curinga – Jostein Gaarder – Companhia das Letras
O dia do CuringaSinopse: O ponto de partida deste livro de Jostein Gaarder é a história de um garoto chamado Hans-Thomas e seu pai, que cruzam a Europa, da Noruega à Grécia, à procura da mulher que os deixou oito anos antes. No meio da viagem, um livro misterioso desencadeia uma narrativa paralela, em que mitos gregos, maldições de família, náufragos e cartas de baralho que ganham vida transformam a viagem de Hans-Thomas numa autêntica iniciação à busca do conhecimento – ou à filosofia. ‘O Dia do Curinga’ é a história de muitas viagens fantásticas que se entrelaçam numa viagem única e ainda mais fantástica – e que só pode ser feita por um grande aventureiro: o leitor.
Os dias lindos – Carlos Drummond de Andrade – Companhia das Letras
Os dias lindosSinopse: Reunindo textos publicados originalmente no Jornal do Brasil, no qual o escritor mineiro mantinha uma cadeira cativa na página de crônica, Os dias lindos traz não apenas o texto leve e circunstancial que ajudou a inscrever o nome de Carlos Drummond de Andrade na história desse gênero tão brasileiro, mas também uma miríade de pequenos contos e narrativas. Todos bastante diversos entre si, mas com um denominador comum: a enorme facilidade que o autor demonstra para criar enredos e personagens cheios de graça. Dividido em seis grandes seções, Os dias lindos surpreende o leitor com sua mistura de observação da vida cotidiana com a melhor fabulação do grande autor mineiro. A vida da classe média carioca, a nossa relação com a linguagem, o crescente processo de urbanização das cidades brasileiras – tudo isso comparece com ironia e alguma poesia. 
A estrada – Cormac McCarthy – Objetiva
A estradaSinopse: Num futuro não muito distante, o planeta encontra-se totalmente devastado. As cidades foram transformadas em ruínas e pó, as florestas se transformaram em cinzas, os céus ficaram turvos com a fuligem e os mares se tornaram estéreis. Os poucos sobreviventes vagam em bandos. Um homem e seu filho não possuem praticamente nada. Apenas uns cobertores puídos, um carrinho de compras com poucos alimentos e um revólver com algumas balas, para se defender de grupos de assassinos. Estão em farrapos e com os rostos cobertos por panos para se proteger da fuligem que preenche o ar e recobre a paisagem. Eles buscam a salvação e tentam fugir do frio, sem saber, no entanto, o que encontrarão no final da viagem. Essa jornada é a única coisa que pode mantê-los unidos, que pode lhes dar um pouco de força para continuar a sobreviver. 
A menina que fazia nevar – Grace McCleen – Paralela
A menina que fazia nevarSinopse: Todos os dias se parecem na vida que Judith McPherson leva ao lado do pai. Eles têm uma rotina simples e reclusa, numa casa repleta de lembranças da mãe que ela nunca conheceu, e as únicas pessoas com quem convivem são os fiéis da igreja cristã a que pertencem. Judith não tem amigos na escola, onde é alvo de gozações, e para encontrar consolo se refugia no mundo de sucata que construiu em seu quarto. Lá, cada dia é um dia, e a vida pode ser incrivelmente feliz graças a sua imaginação. Basta acreditar que a Terra Gloriosa, como ela chama sua maquete, é realmente o paraíso prometido onde um dia vai viver ao lado da mãe. Aos dez anos, Judith vê o mundo com os olhos da fé, e onde os outros veem mero lixo, ela identifica sinais divinos e uma possibilidade de criar. Assim, constrói bonecos de pano e inventa para eles histórias felizes na Terra Gloriosa. O que nem Judith poderia imaginar é que talvez seu brinquedo seja mais do que uma simples maquete. Pelo menos é o que parece quando ela cobre a Terra Gloriosa de espuma de barbear e a cidade aparece coberta de neve na manhã seguinte. Um pequeno milagre, é assim que ela interpreta esse e outros sinais parecidos. Tão pequeno que muitas pessoas poderiam pensar que não passa de coincidência, mas Judith sabe que milagres nem sempre são grandes, e que reconhecê-los é um dom de poucas pessoas. Longe de ser benéfico, no entanto, esse poder traz consigo uma grande responsabilidade. Afinal, seria certo usar a Terra Gloriosa para se vingar de Neil Lewis, o colega que a maltrata todos os dias na escola? Às vezes, nosso ato mais bem intencionado pode ter resultados desastrosos.
Mundo sem fim – Ken Follet – Arqueiro
Mundo sem fimSinopse: Na Inglaterra do século XIV, quatro crianças se esgueiram da multidão que sai da catedral de Kingsbridge e vão para a floresta. Lá, elas presenciam a morte de dois homens. Já adultas, suas vidas se unem numa trama feita de determinação, desejo, cobiça e retaliação. Elas verão a prosperidade e a fome, a peste e a guerra. Apesar disso, viverão sempre à sombra do inexplicável assassinato ocorrido naquele dia fatídico. Mundo sem fim leva o leitor à Kingsbridge de dois séculos depois, quando homens, mulheres e crianças da cidade mais uma vez se digladiam com mudanças devastadoras no rumo da História.
Tio Tungstênio – Oliver Sacks – Companhia das Letras
Tio TungstênioSinopse: Em “Tio Tungstênio”, Oliver Sacks relembra sua infância, impregnada de recordações sobre o comportamento misterioso dos materiais. Desconfiando de que existiam fenômenos por trás do mundo visível, o jovem Oliver se perguntava: “Como o carvão pode ser feito da mesma matéria que o diamante? Do que é feito o Sol?”. Cada etapa de suas descobertas sobre a luz, o calor, a eletricidade, o átomo e os raios X é relembrada conduzindo o leitor pela história da química. A escrita envolvente de Sacks aproxima poesia e ciência por meio de recordações que são, a um só tempo, investigações intelectuais e episódios de amadurecimento afetivo. Nascido numa família de cientistas, Sacks encontrou incentivo para sua vocação. Tio Dave fabricava lâmpadas de tungstênio e, para o menino Oliver, tinha as mãos, os pulmões e os ossos encharcados do metal escuro e pesado. Era o tio Tungstênio.
A 25ª hora – C. Virgil Gheorghiu – Intrínseca
A 25ª horaSinopse: Iohann Moritz é um camponês romeno que, em meio à guerra, vê-se reduzido à sua dimensão social: homens deixaram de ser indivíduos e se tornaram simples membros de categorias. Denunciado como judeu, embora não o fosse, por um gendarme que lhe cobiça a esposa, Moritz cai nas mãos dos nazistas e inicia um périplo pelos mais diversos campos de concentração da Europa. Ao fugir com outros detentos para a Hungria, país “onde a vida é menos dura para os judeus”, acaba detido como espião romeno e é torturado. Deportado para a Alemanha, na condição de “trabalhador húngaro voluntário”, é examinado por um médico nazista que o considera um espécime excepcional da linhagem ariana. Dessa malha inextricável e sombria, sobressaem personagens tocantes, como Suzanna, a primeira esposa de Iohann, Eleonora West, editora e dona do jornal mais importante da Romênia, Alexandru Koruga, padre ortodoxo e pai do escritor Traian Koruga, intelectual e romancista amigo de Iohann Moritz, que também narra a história, numa espécie de livro dentro do livro.
Ambientado num cenário irrespirável, A 25ª hora revela-se uma condenação não só do nazismo, como de todo tipo de totalitarismo. Um romance emocionante, com reflexões atuais e necessárias. 
A alma encantadora das ruas : crônicas – João do Rio – Companhia das Letras
A alma encantadora das ruasSinopse: João do Rio (1881-1921, pseudônimo de Paulo Barreto) fez da crônica jornalística uma janela através da qual contemplava as glórias e as misérias do Brasil republicano. Em A alma encantadora das ruas, reunião de textos publicados na imprensa carioca entre 1904 e 1907, ele percorre as ruas do Rio de Janeiro para reter a “cosmópolis num caleidoscópio”. A cidade vivia um processo de transformação acelerada, passando de corte modorrenta a ambiciosa capital federal. Ela será o palco das perambulações de João do Rio, o dândi para quem o hábito de flanar definia um modo de ser e um estilo de vida. João do Rio saturava seus textos de reminiscências decadentistas, mas o olhar que fixava no presente era o de um observador que se abria para os tempos modernos.
Alta fidelidade – Nick Hornby – Companhia das Letras
Alta fidelidadeSinopse: Rob é um sujeito perdido. Aos 35 anos, o rompimento com a namorada o leva a repensar todas as esferas da vida: relacionamento amoroso, profissão, amizades. Sua loja de discos está à beira da falência, seus únicos amigos são dois fanáticos por música que fogem de qualquer conversa adulta e, quanto ao amor, bem, Rob está no fundo do poço. Para encarar as dificuldades, ele vai se deixar guiar pelas músicas que deram sentido à sua vida e descobrir que a estagnação não o tornou um homem sem ambições. Seu interesse pela cultura pop é real, sua loja ainda é o trabalho dos sonhos e Laura talvez seja a única ex-namorada pela qual vale a pena lutar. 
Antes da liberdade – Julia Alvarez – Companhia das Letras
Antes da liberdadeSinopse: Anita é uma garota da República Dominicana que mal completou doze anos. Um dia, em plena sala de aula, ela vê a tia chegar às pressas em busca de Carla García, sua prima e colega de classe. Os García estão de partida para Nova York, onde quase toda a família já se encontra exilada, fugida de uma das ditaduras mais ferozes da América Latina: a do general Rafael Leonidas Trujillo. Anita, seus pais e irmãos mais velhos ficam para trás, e sua história se confundirá com a da resistência ao caudilho e seu assassinato, em 30 de maio de 1961. Em meio ao movimento clandestino que tenta dar um basta ao governo ditatorial, Anita tem muitas perguntas a fazer. Não entende a razão de tantos telefonemas e conversas misteriosas nem das visitas da terrível polícia secreta a sua casa; assim como tampouco entende a vaidade da irmã, três anos mais velha. Sua entrada na adolescência é acelerada dramaticamente pelos acontecimentos políticos, que logo enredam seu pai e seu tio, após a morte do ditador. Agora, tudo o que resta a Anita é fugir e se esconder, até que uma perigosa operação de resgate possa conduzi-la à liberdade. Mas a liberdade guarda também um último e doloroso segredo: a do destino heróico, mas trágico, de seu pai.
As cem melhores crônicas brasileiras – Joaquim Ferreira dos Santos – Objetiva
As cem melhores crônicas brasileirasSinopse: A crônica não quer abafar ninguém, só quer mostrar que faz literatura também. Textos feitos para o momento e que, pela qualidade, vão ficar para sempre. Eis o breque deste livro. As cem crônicas e os 62 autores que tornaram um gênero, chamado ora de menor, ora de literatura de bermuda, numa sucessão interminável de grandes clássicos e de referência de bons momentos em nossa língua. Ela não discursa, não tem empáfia nem o compromisso de informar o que está acontecendo. Está no jornal, mas não ocupa espaço de notícia. Abusa da liberdade e quer distância da solenidade. Está no detalhe, no mínimo, no escondido, nas banalidades, na descontração do cotidiano. Como define ainda o curador Joaquim Ferreira dos Santos, o gênero é uma fina iguaria com direito à eternidade no paladar do leitor. 
A cidade e a infância – José Luandino Vieira – Companhia das Letras
A cidade e a infânciaSinopse: Os contos de ‘A Cidade e a Infância’ anunciam algumas das características que se tornariam marcas do escritor: a paisagem urbana e o contexto de pobreza e marginalidade de Luanda; a oralidade pronunciada da narrativa; o convívio e a tensão entre negros, brancos e mulatos; a crítica da modernização excludente. Engajado e radicalmente inovador, Luandino ajudou a consolidar a literatura angolana no período de luta contra a colonização portuguesa, criando uma dicção literária
única (sua prosa madura é comparada à de Guimarães Rosa). O livro traz dez narrativas breves, inspiradas na infância do próprio autor, vivida nos bairros pobres de Luanda, em companhia de meninos negros e mestiços.
O caminho para a distância – Vinicius de Moraes – Companhia das Letras
O caminho para a distânciaSinopse: O caminho para a distância, publicado no Rio de Janeiro em 1933, foi o título de estréia de Vinicius de Moraes. No breve texto de abertura, o poeta diz: “Este livro é o meu primeiro livro. Desnecessário dizer aqui o que ele significa para mim como coisa minha […]. São cerca de quarenta poemas intimamente ligados num só movimento, vivendo e pulsando juntos, isolando-se no ritmo e prolongando-se na continuidade, sem que nada possa contar em separado. Há um todo comum indivisível”. O leitor terá agora, portanto, a oportunidade de se concentrar num livro marcado pela intensidade dos temas, dos sentimentos e da linguagem, escrito por um poeta que – com apenas dezenove anos – surpreendeu o público e a crítica com seus dramas místicos e existenciais. 
Contos de Moçambique – Luana Chnaiderman de Almeida – FTD
Contos de MoçambiqueSinopse: Em 2014, o fotógrafo italiano Christian Piana partiu para o interior de Moçambique em busca de contos, mitos e lendas mantidos vivos pela tradição popular. Numa vila sem ruas asfaltadas, de cabanas de barro e palha e cercada pela savana, documentou em fotos e gravações um costume ameaçado pela modernidade: o das histórias contadas embaixo de árvores ou ao redor do fogo para crianças e jovens. Este livro traz as narrativas fantásticas e repletas de sabedorias e humor recolhidas por esse viajante e recontadas pela escritora Luana Chnaiderman de Almeida. Nelas, vamos conhecer a moça que se casa com um pombo, os cães que fazem os serviços domésticos, a bruxa que deseja devorar o caçador e rói os baobás com seu único dente, a jovem aprisionada em um tambor e o conflito diplomático entre macacos e cágados.
Contos plausíveis – Carlos Drummond de Andrade – Companhia das Letras
Contos plausíveisSinopse: Publicados originalmente em 1981, numa pequena tiragem, os textos reunidos neste volume são verdadeiros “contos de bolso”, como dizia o próprio Drummond. São histórias breves, sintéticas, engraçadas, leves e sempre inventivas. Entre o urbano e o interiorano, o moderno e o arcaico, Contos plausíveis mostra o incrível prazer de Drummond em contar histórias, em inventar causos, em embaralhar e desvendar suas tramas. Há um tom meio anedótico em grande parte delas, revelando um narrador que parece pagar tributo à antiga e venerável tradição dos contadores de histórias.  
Contos romanos – Alberto Moravia – Berlendis & Vertecchia
Contos romanosSinopse: ´Contos Romanos´, considerado um dos mais significativos livros do autor, é semelhante a um grande tabuleiro de que os personagens são peças, um pouco esquisitas em seus diferentes vícios, feiuras e deformidades, com as quais Moravia desenvolve o seu peculiar jogo literário, não com pouca comicidade derivada do desajuste dos protagonistas e da repetição das situações. 
Destinatário desconhecido – Kathrine Kressmann Taylor – Cia. Das Letras
Destinatário desconhecidoSinopse: Fugindo da crise que se abateu sobre a Alemanha após a derrota na Primeira Guerra Mundial, os amigos Martin Schulse e Max Eisenstein emigram para a Califórnia, para tentar fazer fortuna com uma galeria de arte. Os negócios prosperam, mas Schulse resolve retornar à terra natal. Em novembro de 1932, começa a correspondência entre os dois amigos. A Alemanha está em convulsão social, às vésperas das eleições que levarão Adolf Hitler ao poder – tropas nazistas espalham terror nas ruas e têm início as perseguições raciais. Numa casa luxuosa em Munique, Schulse goza do conforto que seus dólares proporcionam. Seduzido pela ideologia do nazismo, o agora ‘ariano’ Schulse corta os laços que o uniam ao amigo ‘semita’. Max Eisenstein, porém, não aceita passivamente o estremecimento da amizade em nome do regime nazista – no final do livro, ele se vale das armas do adversário para se vingar.
Entre rinhas de cachorros e porcos abatidos – Ana Paula Maia – Record
Entre rinhas de cachorros e porcos abatidosSinopse: Neste livro, a autora mostra o cotidiano de homens que lutam para sobreviver em meio à pobreza e a falta de esperança de uma vida melhor. O volume reúne duas novelas. A primeira, que dá nome ao livro, tem como cenário um subúrbio distante, onde apostar em rinhas de cachorros assassinos é o divertimento mais saudável para homens que passam o dia a abater porcos. Na segunda narrativa, ‘O trabalho sujo dos outros’, o personagem principal recolhe o lixo numa cidade, na qual ‘tudo se transforma em lixo’ e a riqueza da sociedade pode ser medida pela sua produção de lixo.
Fim – Fernanda Torres – Companhia das Letras
FimSinopse: O livro focaliza a história de um grupo de cinco amigos cariocas. Eles rememoram as passagens marcantes de suas vidas: festas, casamentos, separações, manias, inibições, arrependimentos. Álvaro vive sozinho, passa o tempo de médico em médico e não suporta a ex-mulher. Sílvio é um junkie que não larga os excessos de droga e sexo nem na velhice. Ribeiro é um rato de praia atlético que ganhou sobrevida sexual com o Viagra. Neto é o careta da turma, marido fiel até os últimos dias. E Ciro, o Don Juan invejado por todos — mas o primeiro a morrer, abatido por um câncer. São figuras muito diferentes, mas que partilham não apenas o fato de estar no extremo da vida, como também a limitação de horizontes.
A história sem fim – Michael Ende – Martins Fontes
A história sem fimSinopse: A História Sem Fim é a mágica aventura de um garoto solitário que através das páginas de um livro passa para o reino da fantasia. Nesta terra imaginária, numa busca original e cheia de perigos, Bastian descobre a verdadeira medida de sua própria coragem e descobre sua capacidade para amar. O texto impresso em duas cores, verde e vinho, as belas ilustrações das aberturas dos capítulos completam o clima de encantamento que envolve o leitor.
Orfeu da Conceição – Vinicius de Moraes – Companhia das Letras
Orfeu da ConceiçãoSinopse: “Tragédia carioca”, Orfeu da Conceição transporta para um cenário tipicamente brasileiro o mito de Orfeu, filho de Apolo, uma das histórias mais emblemáticas da vasta mitologia grega. Imerso em sofrimento depois da morte da amada Eurídice, o músico vê-se incapaz de entoar suas canções, pois os sons melodiosos e tristes de sua lira não o consolam da perda do grande amor. Desesperado, Orfeu decide descer ao Hades (o reino dos mortos) para trazer Eurídice de volta à terra. 
Paraíso reconquistado – John Milton – Editora de Cultura
Paraíso reconquistadoSinopse: Esta épica curta, marcantemente dialogada, é uma das obras primas da maturidade do bardo inglês, onde podemos ver o ápice da sua poética latinizante, ao mesmo tempo em que Milton revela a profundidade sua formação teológica (como autor de tratados teóricos sobre questões bastante disputadas na época). Os problemas levantados, a respeito de fé, ética e saber, estavam em grande sintonia com as grandes mudanças porque passava a Europa e a Inglaterra naquele período (a Reforma, a revolução copernicana, as crises monárquicas, etc.) e permanecem como pontos centrais de interesse para o leitor moderno, mesmo que não tenha uma prática religiosa cristã; já que trata da posição do homem num novo mundo de saber. 
O prêmio da longitude – Joan Dash – Companhia das Letras
O prêmio da longitudeSinopse: Em 1714, depois de muitos naufrágios dos navios da Marinha Real, o Parlamento Britânico instituiu um prêmio milionário para quem descobrisse como determinar a longitude no mar. Para uma potência naval como a Inglaterra era inadmissível que desastres marítimos continuassem a ocorrer. Cinqüenta anos depois, o prêmio continuava sem vencedores. Cientistas consagrados como Isaac Newton e Edmond Halley haviam tentado estabelecer um método de calcular a longitude, a partir de experimentos de astronomia, mas sem sucesso. Quem conseguiu descobrir a maneira de medi-la com precisão foi um humilde relojoeiro: John Harrison. Só faltava que a Comissão de Longitude, grupo designado para conceder o prêmio, concordasse em reconhecer que um trabalhador pobre e pouco articulado pudesse ser o vencedor. Tinha início uma briga que ocuparia o resto da vida de Harrison. Numa reportagem minuciosa, que combina história da ciência, diário de bordo e biografia, Joan Dash recria esse conflito e apresenta os detalhes de um personagem central na história da ciência, protagonista de uma corrida que contribuiu, literalmente, para ajudar o homem a descobrir seu lugar no mundo.
A vida como ela é… – Nelson Rodrigues – Nova Fronteira
A vida como ela éSinopse: Em 1950, quando começou a publicar diariamente a coluna “A vida como ela é…” no periódico Última Hora, Nelson Rodrigues já havia passado pela redação dos jornais A Manhã, Crítica, Jornal dos Sports e O Globo. Encomendada por Samuel Wainer para seu jornal, a coluna estreou em 12 de junho de 1951 e tornou-se um grande sucesso em poucas semanas. Seus contos recriam alguns dos temas caros ao escritor: a fidelidade, o ciúme, a dualidade entre amor e sexo e a distância moral entre as antigas famílias do subúrbio do Rio de Janeiro e a nascente população de classe média e alta de Copacabana e arredores.
Se vivêssemos em um lugar normal – Juan Pablo Villalobos – Companhia das Letras
Se vivêssemos em um lugar normalSinopse: Nos anos 1980, em uma pequena cidade no México, onde há “mais vacas que pessoas e mais padres que vacas”, uma família pobre tenta sobreviver às intempéries do cotidiano. O pai é um professor de educação cívica, apaixonado pelo período helênico e mestre em propagar todo tipo de insulto. A mãe, uma mulher de inigualável tendência cênica, mais afeita ao melodrama, que se encarrega de preparar, todo santo dia, a mesma refeição à base de quesadillas. É essa comida típica mexicana, aliás, que desperta na prole — sete filhos no total — certos pensamentos impróprios: cada um deseja que o outro desapareça, para que sobre um pouco mais de comida na mesa.
Na iminência de ver a pequena casa em que moram ser demolida pela chegada de um empreendimento imobiliário de alto padrão, cada membro da família cria subterfúgios, muitas vezes delirantes, para lidar com uma realidade cada vez mais opressiva.
É nesse cenário que se dá a saga de Orestes, um dos filhos do casal, e protagonista deste romance que conta, sob um ponto de vista que oscila entre o adolescente entediado e o adulto raivoso, a sua percepção da luta de classes e do papel insignificante que sua família ocupa no mundo.
O segundo degredado – F. G. Yazbeck – Record
O segundo degredadoSinopse: Baseado nas cartas de Pero Vaz de Caminha e outros documentos históricos, F. G. Yazbeck narra fatos pouco lembrados da História do Brasil em um romance. Em 1500, dois desterrados foram desembarcados de uma caravela portuguesa para cumprir pena e largados à própria sorte na inóspita terra de selvagens e pau-brasil. Este é o pano de fundo para um romance passado em terras brasileiras.
Stonehenge – Bernard Cornwell – Record
StonehengeSinopse: Uma combinação perfeita: um dos escritores ingleses mais bem-sucedidos no Brasil escreve sobre um dos mais conhecidos e enigmáticos mistérios do planeta. Como explicar Stonehenge, um enigma tão complexo quanto as pirâmides do Egito? Qual era a finalidade desse círculo de pedras? Todos os anos, milhares de turistas seguem até a planície de Salisbury para tentar entender o grande mistério. Teria o monumento sido erguido pelos gregos? Ou se trata de um templo construído pelos druidas celtas? Bernard Cornwell recria a época da construção do monumento em uma emocionante disputa entre três irmãos pelo poder de sua tribo.
O anjo pornográfico : a vida de Nelson Rodrigues – Ruy Castro – Companhia das Letras
O anjo pornográficoSinopse: A vida de Nelson Rodrigues (1912-1980) foi mais espantosa do que qualquer uma de suas histórias. E olhe que ele escreveu peças como ‘Vestido de noiva’ e ‘Boca de Ouro’, romances como ‘Asfalto Selvagem’ e ‘O Casamento’ e os milhares de contos de ‘A vida como ela é…’ Mas foi de sua vida – e da vida de sua trágica família – que Nelson Rodrigues extraiu a sua obsessão pelo sexo e pela morte. Gênio ou louco? Tarado ou santo? Reacioná-lo ou revolucionário? Nenhum outro escritor brasileiro foi tão polêmico em seu tempo. Para escrever O Anjo Pornográfico, Ruy Castro – autor do consagrado Chega de Saudade – realizou centenas de entrevistas com 125 pessoas que conheceram intimamente Nelson Rodrigues e sua família. Elas o ajudaram a reconstituir essa assombrosa história, capaz de arrancar risos e lágrimas.
Aventuras na escuridão – Tom Sullivan – Landscape
Aventuras na escuridãoSinopse: ‘Aventuras na Escuridão’ é uma história clássica sobre as traquinagens de um menino nos anos de sua formação; um verão de muitas gargalhadas e emoções, lágrimas e triunfos. Armado com um sonho ousado e com o destemor e a malícia da juventude, Tom se recusa a aceitar o confinamento convencional que sua cegueira lhe impunha, e desencadeia uma seqüência de acontecimentos que vão mudar sua vida para sempre.
Como John Lennon pode mudar sua vida – Alexandre Petillo – Geração Editorial
Como John Lennon pode mudar sua vidaSinopse: Os discos de John Lennon (assassinado com cinco tiros em dezembro de 1980) e dos Beatles continuam chamando a atenção do público. Ouvir as músicas de Lennon com atenção e refletir sobre suas letras é conhecer o homem. Os autores de ‘Como John Lennon Pode Mudar a Sua Vida’ fazem uma análise da obra-referente do cantor e as lições contidas em seus textos e atos – quase sempre mundanos e fúteis, desconstruindo o mito, mas revelando que as mensagens de Lennon contém ensinamentos que poderiam tê-lo transformado quase que num autor de auto-ajuda.
O diamante maldito – Susan Ronald – Record
O diamante malditoSinopse: Em ‘O Diamante Maldito’, a autora refaz os caminhos dessa pedra e mostra como seu fascínio tem pouco a ver com o tamanho e a incomum coloração. O verdadeiro encanto do Sancy vem de quem o possuiu, quem o ambicionou, e de como ele influenciou o curso da história da Europa. Desde o final do século XIV até 1661, foi o maior diamante branco da cristandade, sempre provendo seu proprietário com a forma de riqueza mais segura e concentrada. Neste relato abrangente, Susan resume seis séculos de disputas das monarquias européias através da história de Sancy. As investigações para o livro mesclam trabalho detetivesco com pura pesquisa. Susan distingue fato de romance e analisa, cientificamente e com base em provas, o caminho mais provável que o Sancy seguiu em suas viagens desconhecidas ao longo de centenas de anos.
O homem que venceu Auschwitz – Denis Avey – Nova Fronteira
O homem que venceu AuschwitzSinopse: O livro conta a extraordinária história real um soldado britânico que se infiltrou no campo de concentração de Auschwitz. No verão de 1944, Denis Avey trabalhava num campo de prisioneiros de guerra próximo ao campo de concentração de Buna-Monowitz, conhecido como Auschwitz III. Já tinha ouvido falar da brutalidade no tratamento dos prisioneiros de lá e estava determinado a testemunhar o que podia.
Traçou, então, um plano para trocar de lugar com um prisioneiro judeu e infiltrou-se no campo de concentração, onde foi a testemunha ocular da barbárie que lá ocorria. Durante muitas décadas, Avey não se sentiu preparado para relatar a experiência do passado, porém agora, aos 91 anos, revela em seu livro tudo o que presenciou. O homem que venceu Auschwitz está desde seu lançamento na lista dos mais vendidos britânica.
Pais inteligentes formam sucessores, não herdeiros – Augusto Cury – Saraiva
Pais inteligentes formam sucessores, não herdeirosSinopse: Quando nos tornamos pais, assumimos o compromisso de criar um indivíduo que levará nossa herança para o mundo – não apenas a carga genética e os bens materiais, mas também, e principalmente, nossos valores e nossa cultura. Mas como saber que estamos acertando na criação de nossos filhos? A formação de sucessores é uma das áreas mais vitais da educação de mentes brilhantes. Neste livro, o conceituado psiquiatra e psicoterapeuta Augusto Cury aborda dois conceitos que dizem muito sobre a nova geração e o futuro das nações: herdeiros e sucessores. Neste livro único e extremamente instrutivo, Cury apresenta um conjunto de técnicas para que pais, professores e líderes possam corrigir a rota da educação, se necessário, e saibam como preparar os jovens para serem sucessores e assumirem seus papéis na família e na sociedade.
O compromisso – Herta Müller – Globo
O compromissoSinopse: Herta faz uma espécie de retorno ao passado e às experiências pessoais para mostrar o mundo terrível de adversidades e humilhações que ela mesma viveu na Romênia comunista, um país tomado pelas trevas de um regime repressor, numa sociedade onde a oportunidade é limitada, a delação se tornou uma instituição extra-oficial e a confiança no próximo é uma raridade escassa tanto quanto um prato de comida decente ou um belo sapato feminino. A autora descreve uma nação habitada por cidadãos que, em boa parte, recorrem ao álcool para suportar uma rotina burocratizada, onde nada de interessante parece acontecer.
Os Fidalgos da Casa Mourisca – Júlio Dinis – BestBolso
Os Fidalgos da Casa MouriscaSinopse: Portugal, século XIX. A família Negrões de Vilar de Corvos, apesar de toda a sua fidalguia, enfrenta os riscos da decadência em um tempo de grandes mudanças sociais. Dom Luís, o patriarca, tenta manter seus filhos Jorge e Maurício por perto, na Casa Mourisca, o solar da família, símbolo de muitas glórias. Para desgosto do pai, Jorge se apaixona por Berta, filha de um dos antigos criados, agora próspero fazendeiro. A rivalidade desses senhores e o amor entre os dois jovens expõem valores em mutação e os conflitos de uma sociedade onde o progresso da burguesia ameaça a velha nobreza.
Poesia completa de Álvaro de Campos – Fernando Pessoa – Companhia das Letras
Poesia completa de Álvaro de CamposSinopse: Álvaro de Campos era o heterônimo mais escandaloso e febril de Fernando Pessoa (1888-1935). O poeta português dizia que os versos de Campos lhe ocorriam quando ele sentia um impulso indefinível para escrever. Sua poesia explosiva pôs abaixo as formas tradicionais do lirismo e da poesia parnasiana e simbolista.
A harmonia do mundo – Marcelo Gleiser – Cia. Das Letras
A harmonia do mundoSinopse: Misturando reminiscências do mestre aos diários que Kepler lhe enviou pouco antes de morrer, este belo romance histórico reconstrói a trajetória de um pesquisador determinado, rumo a uma nova astronomia e sua obra-prima, ‘A Harmonia do Mundo’ – síntese do conhecimento humano com que Kepler pretendeu demonstrar a perfeição da obra divina, da geometria à música, da astrologia à astronomia.

 

 

 

 

 

 

____________________________________________________________________________________________

ABRIL – MAIO / 2017

Apenas os inocentes – Rachel Abbott – Record
Apenas os inocentesSinopse: As Mulheres Não Matam A Sangue-Frio. A Não Ser Que Tenham Um Motivo Para Fazê-Lo. Hugo Fletcher parece ser o homem perfeito. Bonito, rico, uma reputação impecável – não é à toa que a mídia o adora. O fato de ser encontrado morto, nu e amarrado a uma cama em seu apartamento em Londres não combina com a imagem que todos têm dele. Para o inspetor-chefe Tom Douglas, uma coisa é clara: cada aspecto da cena do crime o leva a desconfiar de que o culpado é uma mulher.  Na busca pelo assassino, Tom descobre os detalhes mais hediondos e chocantes da vida pessoal da vítima longe dos holofotes. Quando a investigação chega a um ponto crucial, ele começa a perceber que o caso se trata de algo muito maior do que um simples assassinato. E isso o deixa em um terrível dilema: quando se trata de homens como Hugo Fletcher, os culpados devem ser punidos? Ou os inocentes devem ser protegidos?
Depois daquela montanha – Charles Martin – Arqueiro
Depois daquela montanhaSinopse: O Dr. Ben Payne acordou na neve. Flocos sobre os cílios. Vento cortante na pele. Dor aguda nas costelas toda vez que respirava fundo. Teve flashes do que havia acontecido. Luzes piscavam no painel do avião. Ele estava conversando com o piloto. O piloto. Ataque cardíaco, sem dúvida. Mas havia uma mulher também – Ashley, ele se lembra. Encontrou-a. Ombro deslocado. Perna quebrada. Agora eles estão sozinhos, isolados a quase 3.500 metros de altitude, numa extensa área de floresta coberta por quilômetros de neve. Como sair dali e, ainda mais complicado, como tirar Ashley daquele lugar sem agravar seu estado? À medida que os dias passam, porém, vai ficando claro que, se Ben cuida das feridas físicas de Ashley, é ela quem revigora o coração dele. Cada vez mais um se torna o grande apoio e a maior motivação do outro. E, se há dúvidas de que possam sobreviver, uma certeza eles têm: nada jamais será igual em suas vidas.
Um herói invisível – Luca Cognolato e Silvia del Francia – FTD
O herói invisivelSinopse: Esta é a história de Giorgio Perlasca, um italiano que, no inverno de 1944-1945, em Budapeste, Hungria, arriscou sua vida para salvar milhares de judeus húngaros do extermínio nazista ao assumir-se como embaixador espanhol – ele que não era nem diplomata, nem espanhol. De volta à Itália, depois da guerra, não contou sua história a ninguém, por acreditar ter cumprido seu dever. Se não fossem algumas mulheres judias húngaras que ele salvou naquele terrível inverno de Budapeste, sua história teria desaparecido.
Um lugar chamado liberdade – Ken Follett – Arqueiro
Um lugar chamado Liberdade - Acordei com Vontade de LerSinopse: Desde pequeno, Mack McAsh foi obrigado a trabalhar nas minas de carvão da família Jamisson e sempre ansiou por escapar. Porém, o sistema de escravidão na Escócia não possui brechas e a mínima infração é punida severamente. Sem perspectivas, ele se vê sozinho em seus ousados ideais libertários. Durante uma visita dos Jamissons à propriedade, Mack acaba encontrando uma aliada incomum: Lizzie Hallim, uma jovem bela e bem-nascida, mas presa em seu inferno pessoal, numa sociedade em que as mulheres devem ser submissas e não têm vontade própria. Apesar de separados por questões políticas e sociais, os dois estão ligados por sua apaixonante busca pela liberdade e verão o destino entrelaçar suas vidas de forma inexorável. Das fervilhantes ruas de Londres às vastas plantações de tabaco da Virgínia, passando pelos porões infernais dos navios de escravos, Mack e Lizzie protagonizam uma história de paixão e inconformismo em meio a lutas épicas que vão marcá-los para sempre. Com 8 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo, “Um lugar chamado liberdade” é mais uma prova de que Ken Follett é um mestre absoluto em criar tramas complexas e emocionantes.
Um pequeno herói – Fiódor Dostoiévski – Editora 34
Um pequeno heróiSinopse: Escrita em 1849 — quando o autor estava preso, acusado de conspirar contra o tsar Nicolau I —, Um pequeno herói é uma das obras mais luminosas de Fiódor Dostoiévski e uma excelente introdução ao seu universo. Com uma prosa sensível e arrebatadora, a novela descreve o despertar do sentimento amoroso e da individualidade de um menino de onze anos. Em uma casa de campo nos arredores de Moscou, durante uma temporada de verão, a alta sociedade russa passa o tempo entre piqueniques, jogos de salão e bailes. Nesse cenário, Dostoiévski contrapõe a profundidade de sentimentos do menino ao mundo fútil e vazio das convenções sociais. Uma pequena joia a ser redescoberta na tradução, direta do russo, de Fátima Bianchi, ilustrada com gravuras de Marcelo Grassmann.
O castelo nos Pirineus – Jostein Gaarder – Companhia das Letras
O castelo dos PirineusSinopse: Por cinco anos intensos na década de 1970, Steinn e Solrunn foram felizes. Então tomaram rumos diversos, por razões desconhecidas a ambos. No verão de 2007, depois de trinta anos distantes, eles se encontram por acaso no terraço de um velho hotel de madeira às margens de um fiorde no oeste da Noruega, um lugar intimamente relacionado à separação no passado. Mas terá sido esse encontro, em lugar tão significativo, um mero acaso? Buscando respostas a essa pergunta, e para entender como um relacionamento que prometia ser duradouro pôde acabar subitamente, o ex-casal começa uma frenética troca de e-mails – a matéria e a forma deste novo romance filosófico de Jostein Gaarder, que desta vez conta uma história de amor para discutir o embate entre o racionalismo e a espiritualidade. Na linguagem dessas missivas apressadas que inundam nossa vida cotidiana, os dois esboçam visões de mundo antagônicas e explicações contraditórias para o fim do romance. De um lado, o climatologista Steinn apenas crê no que pode ser provado pela ciência e pela razão. De outro, Solrunn, uma mulher religiosa, acredita na transcendência, em um espírito além do corpo e de nossa existência terrena. Disso resulta que as experiências compartilhadas pelos dois no hotel no litoral (a de trinta antes e a do verão corrente) serão entendidas de modo muito distinto por cada um. Apesar de se respeitarem, eles não podem concordar com a concepção do outro – até que suas certezas sejam postas à prova.
A cidade das feras – Isabel Allende – Bertrand Brasil
A cidade das ferasSinopse: Alex é um garoto de 15 anos que leva uma vida tranqüila, na Califórnia, até o dia em que é surpreendido com uma grave notícia e terá que ir morar com Kate, sua avó, em Nova York. E tem mais: terá que viajar com ela numa expedição fantástica para a Floresta Amazônica à procura de uma criatura que pouca gente viu e que é conhecida como A Fera. Alex e Kate se embrenharão por matas perigosas na companhia de uma equipe de pesquisadores, tendo como guia um brasileiro e sua filha, a jovem Nádia. Na floresta mágica, conviverão com o perigo a todo instante, mas também conhecerão um mundo surpreendente, repleto de sabedoria, deuses, animais que se imaginava extintos e espíritos que andam de mão dadas com os vivos.
O dom – Nikita Lalwani – Nova Fronteira
O domSinopse: Rumi Vasi é uma garota-prodígio, com habilidades muito especiais em matemática, desde o jardim de infância. Nascidos na Índia, mas vivendo no país de Gales, os pais de Rumi impõem à filha um isolamento total do mundo de que tanto desconfiam. Fazem com que ela fique sob uma rotina rigorosa de estudos até entrar na Universidade de Oxford com apenas 14 anos. Impedida desde crianças de ter uma vida normal, a menina solitária, sempre obcecada pelos números, está totalmente despreparada para enfrentar o mundo acadêmico e a vida.
O escriba de Granada – Gilberto Abrão – Companhia Editora Nacional
O escriba de GranadaSinopse: De um lado, temos a história contada pelo escriba, Abul Qacem, narrando o auge e a queda de Gharnata para os reis católicos. Essa história é entremeada por um tórrido e proibido romance que o escriba vive com a sultana Aisha, esposa do rei de Gharnata. Tal romance será tanto motivo de glória como de tragédia para o escriba. Do outro, temos Jorge, um funcionário público brasileiro que vive seus dias sem propósito, apenas criticando e julgando comunistas, homossexuais, muçulmanos e negros. Jorge tem um segredo que não revela a ninguém. Na tentativa de compreender esse segredo, ele inicia uma empreitada que revelará muito mais do que ele sonha encontrar. Duas histórias paralelas com um ponto em comum.
Oceano Coligido : antologia poética – Iacyr Anderson Freitas – Viramundo
Oceano coligidoSinopse: Oceano coligido é uma antologia poética do autor Iacy Anderson Freitas, um dos grandes nomes da poesia contemporânea brasileira. O poeta cujo talento literário é internacionalmente conhecido, tendo obras traduzidas para o espanhol, francês e italiano reúne poemas escritos entre 1980 e 2000.
O 8º Hábito – Stephen R. Covey – Campus
O 8 hábitoSinopse: Hoje em dia, não basta somente ser uma pessoa ou uma organização eficaz, mas são necessárias a realização, a execução apaixonada e a contribuição significativa, em uma ordem de grandeza e dimensão diferentes. Os sete hábitos para as pessoas altamente eficazes continuam relevantes mas Covey afirma que os novos desafios e a complexidade com que nos deparamos em nossas vidas e relacionamentos pessoais, em nossas famílias, em nossas vidas profissionais e em nossas organizações são de uma ordem de grandeza diferente e exigem uma nova atitude mental, uma nova habilidade, um novo conjunto de ferramentas… um novo hábito. Esse 8º Hábito é o de encontrar a própria voz e inspirar outros a encontrar a deles. Há um anseio profundo, inato, quase inexprimível dentro de cada um de nós para encontrar a própria voz na vida. O propósito deste livro é dar ao leitor um mapa do caminho que o leve dessa dor e frustração à verdadeira realização, à relevância, ao significado e à contribuição no novo panorama de nossos dias – não apenas no trabalho e na organização, mas em toda sua vida. Em resumo, ele o conduzirá até encontrar sua voz. Se o leitor assim quiser, ele também o levará a um grande aumento de sua influência, qualquer que seja sua posição – inspirando outros a quem prezamos, sua equipe e sua organização a encontrarem suas vozes e aumentarem várias vezes sua eficácia, crescimento e impacto. O leitor descobrirá que essa influência e essa liderança nascem da escolha, não da posição ou do status.
A arte da guerra – Sun Tzu – Vozes de Bolso
Sun TzuSinopse: A Arte da Guerra tem sido sempre de novo utilizada em diferentes áreas por sua perspicácia estratégica. Seja no âmbito profissional ou pessoal, a descrição e os conselhos de Sun Tzu são válidos para obter melhores resultados nos empreendimentos.
Os belos dias da minha juventude – Ana Novac – Companhia das Letras
Os belos dias de minha juventudeSinopse: Escritas em 1944, quando a autora, aos quinze anos, foi prisioneira em Auschwitz e Plaszow, as memórias de Ana Novac só viriam a ser publicadas pela primeira vez em 1967. Compostas em forma de diário, essas anotações carregam, além de um relato dos seis meses em que foi prisioneira, o feito de ser um documento autobiográfico produzido em campos de concentração que foi preservado com o fim da guerra. Além de falar dos outros prisioneiros, de sua rotina e dos alemães, parte de seu relato tem um caráter reflexivo que aparece ao tratar das doenças por falta de higiene, do sumiço repentino dos amigos, das agressões físicas e de todo tipo de tortura psicológica que os alemães usavam para humilhar os detentos.
Carmen : uma biografia – Ruy Castro – Companhia das Letras
CarmenSinopse: Carmen, o novo livro de Ruy Castro, é a maior biografia de um artista já publicada no Brasil. Ano a ano, o autor acompanha a vida da brasileira mais famosa do século XX – do nascimento da menina Maria do Carmo, numa aldeia em Portugal (e a vinda ao Rio de Janeiro, em 1909, com dez meses de idade), à consagração brasileira e internacional de Carmen Miranda e sua morte em Beverly Hills, aos 46 anos, vítima da carreira meteórica e dos muitos soníferos e estimulantes que massacraram seu organismo em pouco tempo. Mas Carmen não é apenas uma biografia. Enquanto entrelaça a intimidade e a vida pública da maior estrela do Brasil, Ruy Castro nos leva a um passeio pelo Rio dos anos 20 e 30, e por Nova York e Hollywood dos anos 40 e 50 – cenários em que é especialista. E ainda resgata a história da música popular brasileira, da praia, do Carnaval, da juventude do passado, da Rádio Mayrink Veiga, do Cassino da Urca, da Broadway, dos gângsters que dominavam os nightclubs americanos e dos bastidores dos estúdios de cinema – numa época em que para estrelas como Carmen, as noites não tinham fim.
A empresa na velocidade do pensamento – Bill Gates – Companhia das Letras
A empresa na velocidade do pensamentoSinopse: Se a questão dos anos 80 era a qualidade, e a dos anos 90, a reengenharia, na primeira década do próximo século, será a velocidade – com que rapidez a natureza dos negócios mudará, quão rápidas serão as transações comerciais e como o acesso à informação irá alterar o estilo de vida dos consumidores e suas expectativas em relação às empresas. Em ‘A empresa na velocidade do pensamento’, Bill Gates, presidente do conselho e principal executivo da Microsoft, desenvolve um conceito essencial para a sobrevivência e o sucesso de uma empresa no futuro imediato – o sistema nervoso digital. Através de exemplos reais e estimulantes – tirados de empresas como General Motors, Johnson & Johnson, McDonald’s, Glaxon Wellcome, Intel, Coca-Cola, Bradesco e da própria Microsoft -, Bill Gates demonstra até que ponto o modo do reunir e usar a informação determinará, no próximo milênio, se uma companhia vai ganhar ou perder.
No bosque do espelho – Alberto Manguel – Companhia das Letras
No bosque do espelhoSinopse: Nada é estranho a Alberto Manguel, esse leitor privilegiado cujo livro é o mundo. Nesta coletânea de ensaios, o autor de Uma história da leitura manifesta sua crença no poder das palavras e sua fé no ato de ler e escrever. Cada ensaio parece confirmar a afirmação do começo do livro: “Para mim, as palavras numa página dão coerência ao mundo”. Num estilo rico de humor e erudição, Manguel percorre os mais diversos caminhos da ficção e da realidade, explorando as relações que existem entre o mundo e as palavras que escolhemos para nomeá-lo. Por meio de histórias pessoais e reflexões literárias, ele leva o leitor a refletir sobre os prazeres e as responsabilidades de sua própria arte, a arte da leitura. Neste bosque, a flora é variada. Assuntos aparentemente distantes como as primeiras leituras de infância, a grande paixão de Borges, Goethe, Cortázar, a morte de Che Guevara ou os tempos negros da ditadura argentina unem-se numa prosa saborosa e fluente, que nos transmite o entusiasmo desse grande leitor pelo mundo maravilhoso dos livros.
Adeus, China – Li Cunxin – Fundamento Educacional
Adeus, ChinaSinopse: Em um vilarejo extremamente pobre do nordeste da China, um jovem camponês está sentado em sua velha e frágil carteira escolar, mais interessado nos pássaros lá fora do que no ‘Livro Vermelho de Mao’ e nas pobres palavras nele contidas. Naquele dia, porém, homens estranhos chegam à escola – os delegados culturais de madame Mao. Estão à procura de jovens camponeses que, depois de receberem a formação necessária, possam tornar-se os fiéis guardiões da grande visão de Mao. O garoto observa um dos colegas ser escolhido e levado para fora da sala. A professora hesita. Deve ou não deve? Quase desiste. Mas, no último momento, toca no ombro do oficial e aponta o garoto miúdo. ‘Que tal ele?’, ela pergunta. Em um único momento, a possibilidade mais remota mudou de modo indescritível o curso da vida de um garoto. Ele faria parte de algumas das maiores companhias de balé do mundo. Um dia seria amigo do presidente e da primeira-dama, de astros do cinema e das pessoas mais influentes dos Estados Unidos. Seria uma estrela – o último bailarino de Mao, o queridinho do Ocidente. Esta é a história de Li Cunxin – uma narrativa que poderia ter desaparecido, como as vidas de outros milhões de camponeses, em meio à revolução e ao caos.
Moradores de rua e seus cães – Edu Leporo
Moradores de rua e seus cãesSinopse: O projeto Moradores de Rua e Seus Cães está dando um novo passo, após levar para as redes sociais e exposições as fotografias e histórias daqueles que moram nas ruas na companhia de seus cães, o fotógrafo Edu Leporo iniciou uma campanha de financiamento coletivo para publicar um livro com todo esse lindo material. O livro traz 19 histórias, fruto de 3 anos de pesquisa e fotografias pelas ruas de São Paulo.
Revolucione sua qualidade de vida: navegando nas águas da emoção – Augusto Cury – Sextante
Revolucione sua qualidade de vidaSinopse: Qualidade de vida! Todos sonham com ela, mas poucos a alcançam. Todos gostariam de ter um mapa da mina para a felicidade. Só que isso não existe. Mas, temos pistas e ferramentas para penetrar no território da emoção, desenvolver nossa inteligência e aprender a superar as dificuldades. As pessoas não se dão conta das pequenas mudanças que destroem seus relacionamentos, metas, carreira, saúde física e emocional. Muitos jovens só enxergam que estão com problemas quando se tornam adultos frustrados. Neste livro, você vai descobrir as ferramentas necessárias para gerenciar seus pensamentos, trabalhar suas perdas, se tornar líder de si mesmo e ser feliz. Não seja refém do estresse, do medo e dos problemas. Revolucione sua qualidade de vida! Você nunca mais será o mesmo.
Código da vida – Saulo Ramos – Planeta do Brasil
Código da vidaSinopse: Em ‘Código da vida’, a pretexto de contar, com todos os detalhes, um caso curiosíssimo que viveu como advogado, Saulo Ramos intermeia essa história de suspense absolutamente verídica com sua história de vida, desde a infância nas cidades paulistas de Brodowski e Cravinhos, até os dias de hoje. Como o menino do interior chegou a Consultor Geral da República?

 

 

 

 

 

____________________________________________________________________________________________

FEVEREIRO – MARÇO / 2017

A espiã – Paulo Coelho – Paralela
A espiãSinopse: Mata Hari foi a mulher mais desejada de sua época: bailarina exótica que chocava e encantava plateias ao se desnudar nos palcos, confidente e amante dos homens mais ricos e poderosos de seu tempo, figura de passado enigmático que despertava o ciúme e a inveja das damas da aristocracia parisiense. Ela ousou libertar-se do moralismo e dos costumes provincianos das primeiras décadas do século XX e pagou caro por isso: em 1917, foi executada pelo pelotão de fuzilamento do exército francês, sob alegação de espionagem. Em seu novo romance, Paulo Coelho — um dos três autores mais admirados pelos leitores brasileiros — revisita com brilhantismo a vida dessa mulher extraordinária, mostrando ao leitor que as árvores mais altas nascem das menores sementes.
O que se diz e o que se entende – Cecília Meireles – Global
O que se diz e o que se entendeSinopse: Neste livro, Cecília evoca temas e situações que vão da infância nas escolas às belezas e lições de sabedoria do Oriente, das humanas inquietações do cotidiano à denúncia de uma natureza cada vez mais degradada pelo descaso e por uma desmedida ambição. Sua simplicidade é característica, própria dos clássicos da língua que procuram não obscurecer ou complicar caminhos, ao contrário, conseguem ampliá-los e iluminá-los para o nosso livre trânsito.
A garota no trem – Paula Hawkins – Record
A garota no tremSinopse: Todas as manhãs Rachel pega o trem das 8h04 de Ashbury para Londres. O arrastar trepidante pelos trilhos faz parte de sua rotina. O percurso, que ela conhece de cor, é um hipnotizante passeio por galpões, caixas d’água, pontes, casebres e aconchegantes casas vitorianas. Em determinado trecho, o trem para no sinal vermelho. E é de lá que Rachel observa diariamente a casa de número 15. Obcecada com seus belos habitantes – a quem chama de Jess e Jason –, Rachel é capaz de descrever o que imagina ser a vida perfeita do jovem casal. Até testemunhar uma cena chocante, segundos antes de o trem dar um solavanco e seguir viagem. Poucos dias depois, ela descobre que Jess – na verdade Megan – está desaparecida. Sem conseguir se manter alheia à situação, ela vai à polícia e conta o que viu. E acaba não só participando diretamente do desenrolar dos acontecimentos, mas também da vida de todos os envolvidos. Uma narrativa extremamente inteligente e repleta de reviravoltas.
Os bons segredos – Sarah Dessen – Seguinte
Os bons segredosSinopse: Sydney sempre viveu à sombra do irmão mais velho, o queridinho da família. Até que ele causa um acidente por dirigir bêbado, deixando um garoto paraplégico, e vai parar na prisão. Sem a referência do irmão, a garota muda de escola e passa a questionar seu papel dentro da família e no mundo. Então ela conhece os Chatham. Inserida no círculo caótico e acolhedor dessa família, Sydney pela primeira vez encontra pessoas que finalmente parecem enxergá-la de verdade. Com uma série de personagens inesquecíveis e descrições gastronômicas de dar água na boca, Os bons segredos conta a história de uma garota que tenta encontrar seu lugar no mundo e acaba descobrindo a amizade, o amor e uma nova família no caminho.

 

 

A fúria e a aurora – Renée Ahdieh – Globo
A fúria e a auroraSinopse: Personagem central da história, a jovem Sherazade se candidata ao posto de noiva de Khalid Ibn Al-Rashid, o rei de Khorasan, de 18 anos de idade, considerado um monstro pelos moradores da cidade por ele governada. Casando-se todos os dias com uma mulher diferente, o califa degola as eleitas a cada amanhecer. Depois de uma fila de garotas assassinadas no castelo, e inúmeras famílias desoladas, Sherazade perde uma de suas melhores amigas, Shiva, uma das vítimas fatais de Khalid. Em nome da forte amizade entre ambas, Sherazade planeja uma vingança para colocar fim às atrocidades do atual reinado. Noite após noite, Sherazade seduz o rei, tecendo histórias que encantam e que garantem sua sobrevivência, embora saiba que cada aurora pode ser a sua última. De maneira inesperada, no entanto, passa a enxergar outras situações e realidades nas quais vive um rei com um coração atormentado. Apaixonada, a heroína da história entra em conflito ao encarar seu próprio arrebatamento como uma traição imperdoável à amiga. Apesar de não ter perdido a coragem de fazer justiça, de tirar a vida de Khalid em honra às mulheres mortas, Sherazade empreende a missão de desvendar os segredos escondidos nos imensos corredores do palácio de mármore e pedra e em cenários mágicos em meio ao deserto.  
Olhos de menina – Susan Fletcher – BertrandBrasil
Olhos de meninaSinopse: Um lugar úmido onde flores aparecem misteriosamente na porta das casas. Pessoas olham com desconfiança. Uma infância atribulada e intensa. Isso é só o começo de uma história cujo cenário é repleto de cores e intuição. Olhos de menina são os olhos de Eve Green, uma criança sensível que se torna uma mulher singular, que tem de aprender a enfrentar difíceis lições. Eve – cujo nome significa “aquela que respira, que vive” – convive com uma dor reprimida e com estranhas amizades. 
Os pescadores – Chigozie Obioma – Globo
Os pescadoresSinopse: Os irmãos Ikenna, Boja, Obembe e Benjamin vivem com seus pais na cidade de Akure, na Nigéria. Quando o Banco Central transfere o pai, James Agwu, para Yola, ele decide se mudar sozinho por considerar a região perigosa. Os meninos, acostumados à disciplina rígida, experimentam uma liberdade até então desconhecida. Desafiando os limites, eles vão pescar em um rio considerado amaldiçoado e essa travessura mudará completamente os rumos de suas vidas. Um dia, voltando do rio, os meninos encontram Abulu, um louco conhecido por profetizar desgraças. Ele prevê que Ikenna será morto por um pescador. O primogênito conclui que será morto por um de seus irmãos e, aos poucos, se torna uma pessoa sombria. A história evoca os mitos, nos quais os personagens mesmo sabendo de seu destino trágico, não conseguem evitá-lo. Ao se afastar de sua família, Ikenna caminha, sem perceber, em direção ao sofrimento. Narrado pelo quarto irmão, Benjamin, Os pescadores é uma história cativante sobre a perda da inocência, o amor fraterno e sobre como determinadas tragédias não podem ser evitadas.
Memórias póstumas de Noel Rosa – Luciana Sandroni – Companhia das Letrinhas
Noel RosaSinopse: Noel Rosa está entre os maiores nomes da música brasileira. Conhecido como o “Poeta da Vila”, nasceu no Rio de Janeiro bem no momento em que o samba despontava e passava a agradar às mais diversas classes sociais. Nesta biografia ficcionalizada, ele está no céu e, a partir de uma sugestão do amigo são Pedro, resolve contar a incrível história da sua vida com suas próprias palavras. Ao final do texto, além de um glossário que aprofunda tópicos importantes sobre a música da época, estão disponíveis as partituras de doze canções de Noel, com sugestões de arranjo para três vozes.

 

 

Graciliano : retrato fragmentado – Ricardo Ramos – Globo
GracilianoSinopse:  Graciliano: retrato fragmentado, de Ricardo Ramos, é diferente de uma biografia em que a vida do personagem é explicitada em detalhes cronológicos do nascimento até a morte. Como indica o próprio nome, a história é contada de maneira fragmentada, o que não significa que esteja incompleta. Trata-se de um retrato profundo, feito por traços generosos, movidos pela memória afetiva do filho, também escritor, que desenham e destacam aspectos e momentos desconhecidos da vida de Graciliano Ramos. Aliás, um dos pontos de partida de Ricardo Ramos foi a constatação de que as várias biografias do grande escritor alagoano não davam a conhecer o homem por trás da obra, algo que este retrato desfaz definitivamente ao apresentar suas sutilezas e complexidades.

 

 

 

_________________________________________________________________

OUTUBRO / 2016

O menino no alto da montanha – John Boyne – Seguinte
o-menino-no-alto-da-montanhaSinopse: Quando fica órfão, Pierrot é obrigado a deixar sua casa em Paris para recomeçar a vida com sua tia Beatrix, governanta de uma mansão no alto das montanhas alemãs. Porém, essa não é uma época qualquer: estamos em 1936, e a Segunda Guerra Mundial se aproxima. E essa não é uma casa qualquer: seu dono é Adolf Hitler. Logo Pierrot se torna um dos protegidos do Führer e se junta à Juventude Alemã. Mas o novo mundo que se abre ao garoto fica cada vez mais perigoso, repleto de medo, segredos e traição – e talvez ele nunca consiga escapar. “Uma narrativa impactante sobre as tentações do poder, a vulnerabilidade da juventude e a dor terrível de uma vida repleta de arrependimentos.” The Guardian
A lista negra – Jennifer Brown – Gutenberg
a-lista-negraSinopse: Essa é a história de Val e Nick. Eles são dois adolescentes que se conhecem no primeiro ano do ensino médio e se identificam de imediato. Val convive com pais ausentes, que brigam o tempo todo e só criticam suas roupas e atitudes. Nick tem uma mãe divorciada que vive em bares atrás de novos namorados. Os dois são alvo de bullying por parte de seus colegas do Colégio Garvin. Nick apanha dos atletas e Val sofre com os apelidos dados pelas meninas bonitas e populares. Ambos compartilham suas angústias num caderno com o nome de todos e tudo que odeiam, criando um oásis, um local de fuga, um momento de desabafo, pelo menos para Val. Já Nick não encara a lista e os comentários como uma simples piada. Há alguns meses, ele abriu fogo contra vários alunos na cantina da escola. Atingida ao tentar detê-lo, Valerie também acaba salvando a vida de uma colega que a maltratava, mas é responsabilizada pela tragédia por causa da lista que ajudou a criar. A lista das pessoas e das coisas que ela e Nick odiavam. A lista que ele usou para escolher seus alvos.

 

 

Lola e o garoto da casa ao lado – Stephanie Perkins – Novo Conceito
lola-e-o-garoto-da-casa-ao-ladoSinopse: A designer-revelação Lola Nolan não acredita em moda… ela acredita em trajes. Quanto mais expressiva for a roupa — mais brilhante, mais divertida, mais selvagem — melhor. Mas apesar de o estilo de Lola ser ultrajante, ela é uma filha e amiga dedicada com grandes planos para o futuro. E tudo está muito perfeito (até mesmo com seu namorado roqueiro gostoso) até os gêmeos Bell, Calliope e Cricket, voltarem ao seu bairro.
Quando Cricket — um inventor habilidoso — sai da sombra de sua irmã gêmea e volta para a vida de Lola, ela finalmente precisa conciliar uma vida de sentimentos pelo garoto da porta ao lado.
Por lugares incríveis – Jennifer Niven – Seguinte
por-lugares-incriveisSinopse:  Violet Markey tinha uma vida perfeita, mas todos os seus planos deixam de fazer sentido quando ela e a irmã sofrem um acidente de carro e apenas Violet sobrevive. Sentindo-se culpada pelo que aconteceu, Violet se afasta de todos e tenta descobrir como seguir em frente. Theodore Finch é o esquisito da escola, perseguido pelos valentões e obrigado a lidar com longos períodos de depressão, o pai violento e a apatia do resto da família. Enquanto Violet conta os dias para o fim das aulas, quando poderá ir embora da cidadezinha onde mora, Finch pesquisa diferentes métodos de suicídio e imagina se conseguiria levar algum deles adiante. Em uma dessas tentativas, ele vai parar no alto da torre da escola e, para sua surpresa, encontra Violet, também prestes a pular. Um ajuda o outro a sair dali, e essa dupla improvável se une para fazer um trabalho de geografia – visitar os lugares incríveis do estado onde moram. Nessas andanças, Finch encontra em Violet alguém com quem finalmente pode ser ele mesmo, e a garota para de contar os dias e passa a vivê-los.
O Sol é para todos – Harper Lee – José Olympio
Sol e para todos.inddSinopse: Um livro emblemático sobre racismo e injustiça: a história de um advogado que defende um homem negro acusado de estuprar uma mulher branca nos Estados Unidos dos anos 1930 e enfrenta represálias da comunidade racista. O livro é narrado pela sensível Scout, filha do advogado. Uma história atemporal sobre tolerância, perda da inocência e conceito de justiça. ‘O Sol é Para Todos’, com seu texto “forte, melodramático, sutil, cômico” (The New Yorker) se tornou um clássico para todas as idades e gerações.

 

 

 

______________________________________________________

SETEMBRO / 2016

A rosa e o florete – Mariana Pacheco – Novo Século
a-rosa-e-o-floreteSinopse: Entre duelos de espada e bailes de máscaras no suntuoso palácio de Versalhes e os gritos rebeldes e novos ideais de Paris, Guilhermina D’anjour irá moldar sua juventude como comandante da guarda real, uma herança de família que a tornará uma contradição entre as mulheres da corte a que deveria pertencer. O povo de arma, e, entre os preparativos da revolução, ela se descobre mais longe da monarquia do que pensava. Acende, nos soldados da guarda, a chama dos ideais inspirados em Rousseau e desafia o governo, mas, além das lutas que trava com seu florete, terá que lutar com seu coração, que também foi incendiado por um amor que deve confundir seus sentimentos e desafiar seu comando tão firme. Entre um governo irresponsável e um povo saturado, entre Versalhes e Paris, entre os sonhos e a realidade, a ordem e a revolução, Guilhermina sempre esteve entre dois mundos.
Inverno na manhã – Janina Bauman – Zahar
inverno-na-manhaSinopse: Em um relato pessoal e tocante, Janina Bauman nos revela as experiências e emoções de uma adolescente de família próspera que sofreu os horrores de ser judia numa terra controlada pelos nazistas.Quando Hitler invadiu a Polônia em 1939, Janina tinha 14 anos. Nos seis anos seguintes ela enfrentou a luta pela vida e os dilemas da adolescência, o medo e a perda da inocência, a fome e as primeiras emoções do amor. A partir de seus diários da época – escondidos durante a guerra e reencontrados intactos após o conflito -, a autora retorna a esses duros anos, apresentando-nos sua família, as amizades surgidas do infortúnio, a fuga do gueto de Varsóvia, a vida em esconderijos.Uma história extraordinária de sobrevivência, coragem e paixão pela vida.
O menino da lista de Schindler – Leon Leyson – Rocco
o-menino-da-lista-de-schindlerSinopse: Um pequeno vilarejo, os irmãos, os amigos, as corridas nos campos, os banhos de rio: essa é a verdadeira história de Leon, a história de um mundo despedaçado pela invasão dos nazistas. Quando em 1939 o exército alemão ocupou a Polônia, Leon tinha apenas dez anos. Logo ele e sua família foram confinados no gueto de Cracóvia junto a milhões de outros judeus. Com um pouco de sorte e muita coragem, o menino conseguiu sobreviver ao inferno e foi contratado para trabalhar na fábrica de Oskar Schindler, o famoso empreendedor que conseguiu salvar mais de mil e duzentos judeus dos campos de concentração. Neste testemunho que ficou por tanto tempo inédito, Leon Leyson nos conta sua extraordinária história, na qual, graças à força de um menino, o impossível se tornou possível. O menino da lista de Schindler é um legado de esperança e um chamado para que todos nós nos recordemos daqueles que não tiveram a chance do amanhã.
Minha vida de menina – Helena Morley – Companhia das Letras
minha-vida-de-menina-bolsoSinopse: Aclamado por escritores como Carlos Drummond de Andrade e João Guimarães Rosa, analisado a fundo por críticos como Roberto Schwarz e Alexandre Eulálio, Minha vida de menina é o diário de uma garota de província do final do século XIX. Publicado pela primeira vez em 1942, antecipa a voga das histórias do cotidiano ao traçar um retrato vivo e bem-humorado da vida em Diamantina entre 1893 e 1895. Da estagnação econômica provocada pelo declínio da mineração ao surgimento de inúmeras modalidades de trabalho entre a escravidão e o regime salarial, a pequena Helena Morley (pseudônimo de Alice Dayrell Caldeira Brant) compõe um painel multicolorido de um momento histórico singular no Brasil, ao mesmo tempo em que revela as inquietações típicas de uma adolescente.
Asa da palavra : Literatura oral em verso e prosa – Organização de Maria Viana – Melhoramentos
Asa da PalavraSinopse: Esta antologia reúne textos da literatura oral, recolhidos por estudiosos nas cinco regiões brasileiras durante o século XIX e início do XX. Os poemas e as narrativas foram gravados em CD, que acompanha o livro. Ao recriar em áudio as obras recolhidas pelos folcloristas, nosso objetivo foi completar o ciclo, convertendo novamente em palavra cantada e falada os exemplos oriundos da tradição oral.
A guerra dos tronos – George R. R. Martin – Leya
a-guerra-dos-tronosSinopse: No fictício continente Westeros, uma terra onde o verão pode durar décadas e o inverno toda uma vida, os problemas estão apenas começando. O frio está de volta e, nas florestas ao norte de Winterfell, forças sobrenaturais se espalham por trás da Muralha que protege a região. No centro do conflito estão os Stark, do reino de Winterfell, uma família tão áspera quanto às terras que lhe pertencem. Dos lugares onde o frio é brutal, até os distantes reinos de plenitude e sol, George R. R. Martin narra uma história de lordes e damas, soldados e mercenários, assassinos e bastardos, que se juntam em um tempo de presságios malignos. “A guerra dos tronos” possui elementos comuns aos romances épicos, com componentes fantásticos e uma narrativa única. Cada capítulo é contado do ponto de vista de um personagem – embora todos sejam narrados em terceira pessoa. Um fato apresentado pelo ponto de vista de um personagem, quando narrado por outro pode assumir significados diferentes; o vilão de um capítulo pode parecer bastante diferente em outro. Cabe ao leitor a tarefa de definir o caráter dos envolvidos na trama.
A dança dos dragões – George R. R. Martin – Leya
a-danca-dos-dragoesSinopse: Daenerys Targaryen governa uma cidade construída sobre o pó e a morte e aprende que conquistar algo é mais fácil do que modificá-lo. A Patrulha do Noite, com seus homens cada vez mais reduzidos, sob o comando de Jon Snow, que precisa tomar decisões cada vez mais difíceis sobre o que fazer em relação ao autoritário Rei Stannis, aos selvagens e aos homens da Patrulha. Tyrion precisa pegar em armas para se salvar e descobre que um homem pequeno com um escudo grande pode realmente confundir os inimigos. Enquanto isso, Bran prossegue a sua viagem, enquanto outras acontecem para a Baía dos Escravos e Daenerys percebe que seus inimigos estão cada vez mais numerosos e sedentos para destruí-la. Traições, revelações e um fantasma do passado que volta para assombrar quando menos se espera, todas as criaturas dos Sete Reinos estão prestes a enfrentar fatos inesperados. A escrita eletrizante de George R.R. Martin transporta o leitor de volta para Westeros e o convida a encarar o destino incerto de seus reinos, levando à maior dança de todas.
A menina que não sabia ler – John Harding – Leya
a-menina-que-nao-sabia-lerSinopse: Em uma distante e escura mansão, onde nada é o que parece, a pequena Florence é negligenciada pelo seu tutor e tio. Guardada como um brinquedo, a menina passa seus dias perambulando pelos corredores e inventando histórias que conta a si mesma, em uma rotina tediosa e desinteressante. Até que um dia Florence encontra a biblioteca proibida da mansão. E passa a devorar os livros em segredo.Mas existem mistérios naquela casa que jamais deveriam ser revelados. Quem eram seus pais? Por que Florence sonha sempre com uma misteriosa mulher ameaçando Giles, seu irmão caçula? O que esconde a srta. Taylor? E por que o tio a proibiu de ler? Florence precisa reunir todas as pistas possíveis e encontrar respostas que ajudem a defender o irmão e preservar sua paixão secreta pelos livros – únicos companheiros e confidentes – antes
que alguém descubra quem ousou abrir as portas do mundo literário. Ou será que tudo isso não seria somente delírios de
uma jovem com muita imaginação?
O mínimo e o escondido : Crônicas de Machado de Assis – Organização de Luiz Antonio Aguiar – Melhoramentos
o-minimo-e-o-escondidoSinopse: Machado de Assis é um dos nossos patrimônios nacionais. Um dos maiores escritores brasileiros de todos os tempos. Poucos autores pensaram o Brasil com tamanha inteligência, olhar crítico e criatividade como ele. Romancista, contista e cronista de mão cheia, em seus textos o autor vai a fundo para retratar sua época. O mínimo e o escondido traz uma boa amostra das crônicas do bruxo do Cosme Velho, mediada pela organização e apresentação de Luiz Antônio Aguiar, que contextualiza a obra e conduz a leitura de forma inteligente e estruturada. Com os comentários críticos e as notas do organizador, colocadas a cada crônica, o leitor tem a oportunidade de ser apresentado à obra de Machado por meio de sua veia cronista. Dentro das crônicas é possível perceber as estruturas estilísticas das quais o bruxo do Cosme Velho lança mão, também, em seus romances e contos. De quebra, a leitura das crônicas é uma viagem no tempo: um mergulho nos costumes do Brasil que transitava entre o século XIX e XX. Uma obra que nos faz redescobrir (ou descobrir) o nosso país.
Todo dia – David Levithan – Galera Record
todo-diaSinopse: A marcante história de Todo dia, agora sob a perspectiva de Rhiannon. Um dos mais inovadores autores de livros para jovens adultos e o primeiro a emplacar um romance gay na lista do New York Times, David Levithan retoma o seu mais emblemático enredo em Outro dia. Aqui, a já celebrada — com várias resenhas elogiosas — história de Todo dia é mostrada sob o ponto de vista de Rhiannon. A jovem, presa em um relacionamento abusivo, conhece A, por quem se apaixona. Só que A acorda todo dia em um corpo diferente. Não importa o lugar, o gênero ou a personalidade, A precisa se adaptar ao novo corpo, mesmo que só por um dia. Mas embarcar nessa paixão também traz desafios para Rhiannon, todos eles mostrados aqui.
O diário de Helga – Helga Weiss – Intrínseca
o-diario-de-helgaSinopse: Calcula-se que das 15 mil crianças que passaram pelo campo de internamento de Terezín, na Tchecoslováquia, apenas cem chegaram com vida ao fim da Segunda Guerra Mundial. Helga Weiss, uma dessas raras sobreviventes, é autora de um dos mais comoventes testemunhos do Holocausto. Em 1938, por ocasião da ocupação nazista da Tchecoslováquia, a menina de 8 anos, filha de um bancário e uma costureira, começou a escrever em um caderno suas impressões. Seus escritos e desenhos registram com o olhar infantil tudo o que aconteceu com sua família, desde a segregação dos judeus ainda em Praga até a desumana rotina de privações e doenças de Terezín, onde um carro fúnebre fazia rotineiramente o transporte de gêneros alimentícios. Depois de três anos em Terezín, Helga e sua mãe viveram uma tétrica peregrinação por campos de extermínio como Auschwitz, onde a menina escapou por pouco da câmara de gás. Ao final da guerra, Helga, então com 15 anos, acrescentou o relato dessa experiência a seu diário. Em cada palavra e desenho, há uma lembrança de um passado que não pode ser esquecido. Artista plástica respeitada, Helga Weiss, 83 anos, vive em Praga, no mesmo apartamento onde morou com os pais antes da deportação.
Eu sobrevivi ao Holocausto – Nanette Blitz Koning – Universo dos livros
eu-sobrevivi-ao-holocaustoSinopse:Como sobreviver a um campo de concentração? Estaria essa sobrevivência condicionada ao acaso do destino? Em um emocionante relato, Nanette Blitz Konig conta a história de um período em que ela e milhões de judeus foram entregues à própria sorte com a mínima chance de sobrevivência. Colega de classe de Anne Frank no colégio, Nanette teve a juventude roubada e perdeu a crença na inocência humana quando esteve diante da morte diversas vezes – situações em que fora colocada em virtude da brutalidade incompreensível dos nazistas. Hoje, aos 86 anos, Nanette vive no Brasil e expõe suas lembranças mais traumáticas aos leitores. As cenas vivenciadas por ela fizeram os mais experientes oficiais de guerra, acostumados a todos os horrores possíveis, chorarem ao tomar conhecimento. Em uma luta diária pela sobrevivência, Nanette deveria suportar o insuportável para manter-se viva. Através de um depoimento ao mesmo tempo sensível e brutal, ela questiona a capacidade de compaixão do ser humano, alertando o mundo sobre a necessidade urgente da tolerância entre os homens.

 

 

Uma curva na estrada – Nicholas Sparks – Arqueiro
uma-curva-na-estradaSinopse: A vida do subxerife Miles Ryan parecia ter chegado ao fim no dia em que sua esposa morreu. Missy tinha sido seu primeiro amor, a namorada de escola que se tornara a companheira de todos os momentos, a mulher sensual que se mostrara uma mãe carinhosa. Uma noite Missy saiu para correr e não voltou. Tinha sido atropelada numa rua perto de casa. As investigações da polícia nada revelaram. Para Miles, esse fato é duplamente doloroso: além de enfrentar o sofrimento de perder a esposa, ele se culpa por não ter descoberto o motorista que a atropelou e fugiu sem prestar socorro. Dois anos depois, ele ainda anseia levar o criminoso à justiça. É quando conhece Sarah Andrews. Professora de seu filho, Jonah, ela se mudou de Baltimore para New Bern na expectativa de refazer sua vida após o divórcio. Sarah logo percebe a tristeza nos olhos do aluno e, em seguida, nos do pai dele. Sarah e Miles começam a se aproximar e, em pouco tempo, estão rindo juntos e apaixonados. Mas nenhum dos dois tem ideia de que um segredo os une e os obrigará a tomar uma decisão difícil, que pode mudar suas vidas para sempre. Em Uma curva na estrada, Nicholas Sparks escreve com incrível intensidade sobre as difíceis reviravoltas da vida e sua incomparável doçura. Um livro sobre as imperfeições do ser humano, os erros que todos cometemos e a alegria que experimentamos quando nos permitimos amar.
O milagre – Nicholas Sparks – Serapicos
o-milagreSinopse: Jeremy Marsh é um respeitado jornalista que não consegue emplacar um relacionamento afetivo que o faça feliz. Acostumado a viajar pelo mundo à cata de lendas urbanas, Jeremy parte em direção a uma cidadezinha do sul dos Estados Unidos para investigar as misteriosas luzes de um antigo cemitério escravo que teria sido alvo de uma maldição. Lá ele conhece a bela Lexie Darnell, que irá ajudá-lo em sua fantasmagórica missão. Prestes a descobrir um segredo que poderá abalar os alicerces da comunidade, esse destruidor de mitos terá de se confrontar com o único fenômeno que considera genuinamente misterioso e sobrenatural- uma paixão avassaladora.
Um porto segro – Nicholas Sparks – Novo Conceito
um-porto-seguroSinopse: Quando uma mulher misteriosa chamada Katie aparece repentinamente na pequena cidade de Southport, na Carolina do Norte, questionamentos são levantados sobre seu passado. Linda, mas discreta, Katie parece evitar laços pessoais formais até uma série de eventos levá-la a dois relacionamentos relutantes: um com Alex, o viúvo com um coração maravilhoso e dois filhos pequenos, o outro com sua vizinha muito franca, Jo. Apesar de ser reservada, Katie começa a baixar a guarda lentamente, criando raízes nessa comunidade solícita e tornando-se próxima demais de Alex e de sua família. No entanto, quando Katie começa a se apaixonar, ela se depara com o segredo obscuro que ainda a assombra e a amedronta: o passado que a deixou apavorada e a fez cruzar o país para chegar no paraíso de Southport. Com o apoio simpático e insistente de Jo, Katie percebe que deve escolher entre uma vida de segurança temporária e outra com recompensas mais arriscadas… e que, no momento mais sombrio, o amor é seu único refúgio.
À primeira vista – Nicholas Sparks – Arqueiro
a-primeira-vistaSinopse: Jeremy Marsh tinha três certezas: jamais se mudaria de Nova York, não se apaixonaria novamente e nunca teria filhos. Mas agora ele está prestes a se casar com Lexie Darnell e aguarda a chegada da primeira filha, enquanto conduz a reforma de sua nova casa na pequena cidade de Boone Creek, na Carolina do Norte. Em meio a tantas mudanças, Jeremy luta para reencontrar o equilíbrio pessoal e profissional ao lado da mulher que o fez mudar todos os seus planos. Quando tudo parece estar entrando nos eixos, Jeremy recebe um misterioso e-mail que dá início a uma série de acontecimentos que irão testar a força dessa paixão. Atormentado pela ideia de estar sendo traído, vivendo uma crise criativa que o impede de trabalhar e angustiado com a gestação complicada de Lexie, ele não poderia imaginar que o pior – e o melhor – ainda estava por vir. À primeira vista captura toda a incerteza, a tensão e a angústia da vida desse jovem casal, mas também retrata o romantismo, o companheirismo, a descoberta e o amadurecimento que só o verdadeiro amor pode proporcionar.
O resgate – Nicholas Sparks – Arqueiro
o-resgateSinopse: Taylor McAden é voluntário do corpo de bombeiros da pequena Edenton. Destemido a ponto de parecer imprudente, enfrenta incêndios, participa de salvamentos, desafia a morte sem hesitar. Mas uma coisa ele não tem coragem de fazer: entregar seu coração. Numa noite de tempestade, enquanto sinalizava postes de energia caídos, Taylor encontra um carro batido na beira da estrada. Assim que recobra os sentidos, Denise, a motorista, pergunta pelo filho. Mas Kyle, um menino de 4 anos que tem problemas de audição e de fala, não está em sua cadeirinha no banco traseiro. Durante a busca pelo garoto, Denise se surpreende ao ver que está diante de um homem capaz de abrir mão da própria vida para salvar uma criança. E o que Taylor nem imagina é que esse resgate será muito diferente de todos os que já fez, pois exigirá mais do que coragem e força física – e talvez possa levá-lo à própria salvação.

 

 

Filhos do Éden : Anjos da Morte – Eduardo Spohr – Verus
downloadSinopse: Desde eras longínquas, os malakins, anjos virtuosos e sábios, observam e estudam o progresso do homem. Mas eis que chega o século XX, e com ele a acelerada degradação do planeta. Os novos meios de transporte, os barcos a vapor e as estradas de ferro levaram a civilização aos cantos mais distantes do globo, afastando os mortais da natureza divina, alargando as fronteiras entre o nosso mundo e as sete camadas do céu. Isolados no paraíso, os malakins solicitaram então a ajuda dos “exilados”, anjos pacíficos que há anos atuavam na terra. Sua tarefa, a partir de agora, seria participar das guerras humanas, de todas as guerras, para anotar as façanhas militares, o comportamento das tropas, e depois relatá-las aos seus superiores celestes. Disfarçado de soldados comuns, esse grupo esteve presente desde as trincheiras do Somme às praias da Normandia, das selvas da Indochina ao declínio da União Soviética. Embora muitos não desejassem matar, foi isso o que lhes foi ordenado, e o que infelizmente acabaram fazendo. Carregado de batalhas épicas, magia negra e personagens fantásticos, ‘Filhos do Éden: Anjos da Morte’ é também um inquietante relato sobre o nosso tempo, uma crítica à corrupção dos governos, aos massacres e extremismos, um alerta para o que nos tornamos e para o que ainda podemos nos tornar.

 

_________________________________________________________________

Abril / 2016

Aguapés – Jhumpa Lahiri – Biblioteca Azul
aguapes_capa.pdfSinopse: Lahiri amplia o terreno de sua ficção nesta história que se passa tanto na Índia como nos Estados Unidos, com os ingredientes das tradições ocidental e oriental: a jornada de dois irmãos rumo ao desconhecido, ao risco, os conflitos de uma mulher ainda presa ao passado e o aspecto político de um país no caos de uma revolução. Exílio, retorno e destino, temas fundadores da literatura clássica, passam por reavaliação em Aguapés, em um processo de descobertas pessoais e paixões de seus personagens e da própria narrativa, que nos conta tudo com uma voz suave e comovente.
 
Ainda estou aqui – Marcelo Rubens Paiva – Alfaguara
Ainda estou aquiSinopse: Eunice Paiva é uma mulher de muitas vidas. Casada com o deputado Rubens Paiva, esteve ao seu lado quando foi cassado e exilado, em 1964. Mãe de cinco filhos, passou a criá-los sozinha quando, em 1971, o marido foi preso por agentes da ditadura, a seguir torturado e morto. Em meio à dor, ela se reinventou. Voltou a estudar, tornou-se advogada, defensora dos direitos indígenas. Nunca chorou na frente das câmeras. Ao falar de Eunice, e de sua última luta, desta vez contra o Alzheimer, Marcelo Rubens Paiva fala também da memória, da infância e do filho. E mergulha num momento negro da história recente brasileira para contar — e tentar entender — o que de fato ocorreu com Rubens Paiva, seu pai, naquele janeiro de 1971.
A bibliotecária de Auschwitz – Antonio G. Iturbe – HarperCollins
A bibliotecária de AuschwitzSinopse:Uma garota de 14 anos. Um professor. Oito livros. Esperança. Em plena Segunda Guerra Mundial, no maior e mais cruel campo de concentração do nazismo, cerca de quinhentas crianças convivem todos os dias com a morte e com o sofrimento. No pavilhão 31, de vez em quando uma janela é aberta para férias. Obra de Fred Hirsch, o professor que consegue convencer os alemães a deixá-lo entreter as crianças. Desta forma, garante ele aos nazistas, seus pais — judeus — trabalhariam bem melhor. Os alemães concordam, mas com uma condição: seria terminantemente proibido o ensino de qualquer conteúdo escolar no local.Mal sabiam eles o que a jovem Dita guardava na barra de sua saia: livros.Baseado na história real de Dita Dorachova, A bibliotecária de Auschwitz é o registro de uma época triste da história, mas também o relato de pessoas corajosas que não se renderam ao terror e se mantiveram firmes na luta por uma vida melhor, munindo-se de livros.
Como eu era antes de você – Jojo Moyes – Intrínseca
Como eu era antes de vocêSinopse: Aos 26 anos, Louisa Clark não tem muitas ambições. Ela mora com os pais, a irmã mãe solteira, o sobrinho pequeno e um avô que precisa de cuidados constantes desde que sofreu um derrame. Trabalha como garçonete num café, um emprego que não paga muito, mas ajuda nas despesas, e namora Patrick, um triatleta que não parece interessado nela. Não que ela se importe.
Quando o café fecha as portas, Lou é obrigada a procurar outro emprego. Sem muitas qualificações, consegue trabalho como cuidadora de um tetraplégico. Will Traynor, de 35 anos, é inteligente, rico e mal-humorado. Preso a uma cadeira de rodas depois de um acidente de moto, o antes ativo e esportivo Will desconta toda a sua amargura em quem estiver por perto. Tudo parece pequeno e sem graça para ele, que sabe exatamente como dar um fim a esse sentimento. O que Will não sabe é que Lou está prestes a trazer cor a sua vida. E nenhum dos dois desconfia de que irá mudar para sempre a história um do outro.
Depois de você – Jojo Moyes – Intrínseca
Depois de vocêSinopse: Com mais de 5 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo, Como eu era antes de você conta a história do relacionamento entre Will Traynor e Louisa Clark, cujo fim trágico deixou de coração apertado os milhares de fãs da autora Jojo Moyes. Em Depois de você, Lou ainda não superou a perda de Will. Morando em um flat em Londres, ela trabalha como garçonete em um pub no aeroporto. Certo dia, após beber muito, Lou cai do terraço. O terrível acidente a obriga voltar para a casa de sua família, mas também a permite conhecer Sam Fielding, um paramédico cujo trabalho é lidar com a vida e a morte, a única pessoa que parece capaz de compreendê-la. Ao se recuperar, Lou sabe que precisa dar uma guinada na própria história e acaba entrando para um grupo de terapia de luto. Os membros compartilham sabedoria, risadas, frustrações e biscoitos horrorosos, além de a incentivarem a investir em Sam. Tudo parece começar a se encaixar, quando alguém do passado de Will surge e atrapalha os planos de Lou, levando-a a um futuro totalmente diferente.
A melhor coisa que nunca aconteceu na minha vida – Laura Tait – LeYa
A melhor coisa que nunca me aconteceu na minha vidaSinopse: Todo mundo faz planos para o futuro. Mas será que a vida sempre leva aos caminhos desejados? Viajar pelo mundo, ter o emprego dos sonhos, um grande amor do passado. Cada um imagina que sua vida acontecerá de uma maneira diferente. Perto de completar trinta anos, Holly e Alex, que não se veem há onze anos, voltam a se encontrar por acaso. Como o reencontro vai afetar a vida desses velhos amigos de infância? Na adolescência a amizade escondia uma grande paixão não revelada. E que, mesmo com o passar dos anos, continuou na memória como lembrança ou arrependimento do que poderia ter sido. O que aconteceria se o destino reservasse a possibilidade de viver uma segunda chance, tanto na vida quanto no amor? A melhor coisa que nunca aconteceu na minha vida tem esse gostinho de primeiro amor. Com um enredo leve, romântico e engraçado, este casal de protagonistas te conquistará logo nas primeiras páginas.
Alquimia : segredos, mentiras, destino – K J Wignall – Bertrand Brasil
AlquimiaSinopse: Depois de quase oito séculos em busca de respostas, Will finalmente começou a desvendar os mistérios que cercam sua existência. E, juntamente com Eloise, a garota que parece ser a chave para o seu destino, embarcou em uma jornada que pode conduzi-los à verdade… se conseguirem sobreviver. Para ter alguma chance de derrotar seus inimigos, Will precisa, primeiramente, saber contra quem está lutando. Para isso, a dupla decide retornar para a Escola da Abadia de Marland e investigar o passado do vampiro, sem imaginar que essa missão pode colocar a vida de Eloise em risco. Para proteger sua amada, o vampiro terá que descobrir mais sobre Wyndham e as profecias. Mas será que ele encontrará as respostas de que precisa a tempo? E, ao salvar Eloise, estará sacrificando a si mesmo? Nesta sequência, Will entrará em uma batalha da qual nem todos poderão sair com vida.
A menina submersa – Caitlín R. Kiernan – Darkside
A menina submersaSinopse: A Menina Submersa: Memórias é um verdadeiro conto de fadas, uma história de fantasmas habitada por sereias e licantropos. Mas antes de tudo uma grande história de amor construída como um quebra-cabeça pós-moderno, uma viagem através do labirinto de uma crescente doença mental. Um romance repleto de camadas, mitos e mistério, beleza e horror, em um fluxo de arquétipos que desafiam a primazia do “real” sobre o “verdadeiro” e resultam em uma das mais poderosas fantasias dark dos últimos anos. Considerado uma “obra-prima do terror” da nova geração, o romance é repleto de elementos de realismo mágico e foi indicado a mais de cinco prêmios de literatura fantástica, e vencedor do importante Bram Stoker Awards 2013. O trabalho cuidadoso de Caitlín R. Kiernan é nos guiar pela mente de sua personagem India Morgan Phelps, ou Imp, uma menina que tem nos livros os grandes companheiros na luta contra seu histórico genético esquizofrênico e paranoico. Filha e neta de mulheres que buscaram o suicídio como única alternativa, Imp começa a escrever um livro de memórias para tentar reconstruir seus pensamentos e lutar contra o que seria “a maldição da família Phelps”, além de buscar suas lembranças sobre a inusitada Eva Canning, sua relação com a namorada e consigo mesma, que evoca em muitos momentos a atmosfera de filmes como Azul é a Cor mais Quente (Palma de Ouro em Cannes, 2013) e Almas Gêmeas (1994), de Peter Jackson. Não se assuste: é um livro dentro de um livro, e a incoerência uma isca para uma viagem mais profunda, onde a autora se aproxima de grandes nomes como Edgar Allan Poe e HP Lovecraft, que enxergaram o terror em um universo simples e trivial – na rua ao lado ou nas plácidas águas escuras do rio que passa perto de casa – , e sabem que o medo real nos habita. Caitlín dialoga ainda com o universo insólito de artistas como P.G.
Os pilares da terra – Ken Follet – Rocco
Os pilares da terraSinopse: Neste livro, o autor procura traçar o painel de um tempo varrido por conspirações, jogos intrincados de poder, violência e surgimento de uma nova ordem social e cultural, buscando captar simultaneamente o que acontece nos castelos, feiras, florestas e igrejas. Philip, prior de Kingsbridge, luta contra tudo e todos para construir um templo grandioso a Deus. A galeria de personagens gravitando em torno da catedral inclui Aliena, a bela herdeira banida de suas terras, Jack, seu amante, Tom, o construtor, William o cavaleiro boçal, e Waleran, o bispo capaz de tudo para pavimentar seu caminho até o lugar do Papa, em Roma. Como painel de fundo, uma Inglaterra sacudida por lutas entre os sucessores prováveis ao trono que Henrique I deixou sem descendentes.
Síndrome psíquica grave – Alicia Thompson – Record
Síndrome psiquica graveSinopse: “Tão hilariante quanto romântico. Você não vai conseguir largar este livro. Eu não queria que ele acabasse!” – Meg Cabot, autora de O diário da princesa Leigh Nolan, estudante de psicologia, tem tendência a analisar demais as coisas, especialmente quando isso envolve o sexo oposto. Exemplo: por que Andrew, seu namorado de mais de um ano, nunca a convida para passar a noite com ele e dar o próximo passo no relacionamento — leia-se transar? E por que ela passou a ter sonhos eróticos com Nathan, o colega de quarto de Andrew que tanto a odeia? Fatos agravantes incluem: outros alunos de psicologia supercompetitivos, uma professora que precisa urgentemente de análise e uma colegial que acha que a Leigh é ingênua. Diagnóstico? Síndrome psíquica grave: uma aflição na qual uma aluna de psicologia, sobrecarregada por condições, efeitos e desordens, começa a analisar exageradamente a própria vida.
Toda luz que não podemos ver – Anthony Doerr – Intrínseca
Toda luz que não podemos verSinopse: Quando a menina fica cega, aos seis anos, o pai constrói uma maquete em miniatura do bairro onde moram para que ela seja capaz de memorizar os caminhos. Na ocupação nazista em Paris, pai e filha fogem para a cidade de Saint-Malo e levam consigo o que talvez seja o mais valioso tesouro do museu.
O xará – Jhumpa Lahiri – Globo
O xaráSinopse: O protagonista de O xará, Gógol, sente-se perdido entre duas culturas: a dos Estados Unidos, onde nasceu e vive, e a que veio da Índia e nos corações de seus pais, imigrantes em busca de oportunidades em território americano. No novo país, sua mãe logo começa “a se dar conta de que ser estrangeira é uma espécie de gravidez eterna — uma espera perpétua, um fardo constante, um sentimento contínuo de indisposição”. O romance acompanha a família Ganguli em suas constantes viagens, físicas ou espirituais, entre tradições e costumes, entre a Índia e os Estados Unidos, entre o passado e o presente.

 

 

 

 

________________________________________________________________________

Janeiro – Março / 2016

Intérprete de males – Jhumpa Lahriri – Biblioteca Azul
Intérprete de malesSinopse: Nos nove contos que compõem o livro, o leitor verá sempre certo incômodo, certa maneira de estar num lugar de um modo desconfortável, uma espera sem nome e sobressaltos do entendimento desse processo. E é com esse olhar – que sempre vai e volta entre o espaço de estar e o espaço de querer estar – que Jhumpa trará histórias tocantes, nem sempre pelo enredo – que faz da simplicidade seu trunfo – mas certamente pela delicadeza de sua narrativa, e sobretudo pelo olhar arguto para tudo que revele um sentimento, uma tensão, uma espera. É assim que surge um casal na iminência da separação, vivendo seus últimos momentos sob um apagão de energia em “Uma situação temporária”; ou o menino, filho de mãe solteira, ocidental, que conhece na convivência com a babá indiana o sofrimento da saudade e da distância que ele não imaginava que houvesse (“A casa da senhora Sem”); ou a família indiana que mora há anos nos EUA, e que lá cria os filhos segundo o “american way of life”, que encontra nas férias na Índia a ocasião para destilar sua insatisfação, sua dor, seu deslocamento, no conto que dá título ao livro.  Cada conto, portanto, transita entre o ocidente e o oriente, e as personagens introjetam a tal ponto o ambiente em que vivem que são elas mesmos, mais que os representantes dos países de onde vêm, ou no qual estão, o próprio retrato dessa imensa viagem. 
Vasto mar de Sargaços – Jean Rhys – Rocco
Vasto mar de SargaçosSinopse: Publicado em 1966 e inédito no Brasil, ‘Vasto mar de sargaços’ é a obra-prima de Jean Rhys. Nascida na Dominica, em 1890, e radicada na Inglaterra desde os 17 anos, Rhys foi uma das primeiras escritoras a falar da questão feminina e da colonização em sua obra, precursora das chamadas narrativas pós-coloniais. Inspirado na personagem Bertha Antoinette Mason, a ‘louca do sótão’ do clássico vitoriano Jane Eyre, de Charlotte Brontë, o romance dá voz à governanta caribenha vivendo na Inglaterra que, assim como a própria autora, sofria com as dificuldades originadas do choque entre culturas.
Se eu ficar – Gayle Forman – Novo Conceito
Se eu ficarSinopse: Depois do acidente, ela ainda consegue ouvir a música. Ela vê o seu corpo sendo tirado dos destroços do carro de seus pais – mas não sente nada. Tudo o que ela pode fazer é assistir ao esforço dos médicos para salvar sua vida, enquanto seus amigos e parentes aguardam na sala de espera… e o seu amor luta para ficar perto dela. Pelas próximas 24 horas, Mia precisa compreender o que aconteceu antes do acidente – e também o que aconteceu depois. Ela sabe que precisa fazer a escolha mais difícil de todas.
A batalha do apocalipse – Eduardo Spohr – Verus
A batalha do apocalipseSinopse: Há muitos anos, o paraíso foi palco de um terrível levante. Um grupo de anjos guerreiros, amantes da justiça e da liberdade, desafia a tirania dos poderosos arcanjos, levantando armas contra seus opressores. Expulsos, os renegados foram forçados ao exílio e condenados a vagar pelo mundo dos homens até o Dia do Juízo Final. Mais eis que chega o momento do Apocalipse, o tempo de ajustes de contas. Único sobrevivente do expurgo, Ablon, o líder dos renegados, é convidado por Lúcifer, o Arcanjo Negro, a se juntar às suas legiões na Batalha do Armagedon, o embate final entre o céu e a terra, a guerra que decidirá o futuro da humanidade.
De gênio e louco todo mundo tem um pouco – Augusto Cury – Academia de Inteligência
De gênio e louco todo mundo tem um poucoSinopse: Bartolomeu e Barnabé são personagens que já estavam nos dois primeiros livros da saga Vendedor de Sonhos. Neste livro, eles ganham o centro da narrativa e ficamos conhecendo quem são esses dois maltrapilhos que, um dia, se juntaram ao Vendedor de Sonhos para acompanhá-lo na sua luta para semear sonhos e fazer um mundo melhor. Bartolomeu e Barnabé são dessas pessoas que enfrentam a vida de maneira diferente: se metem em muitas enrascadas e fazem os outros pensarem em suas ações. Tão populares quanto os palhaços, eles também possuem um profundo lado trágico. A combinação desses dois lados é explosiva.
Juntos para sempre – Walcyr Carrasco – Arqueiro
Juntos para sempreSinopse: Alan é um advogado bem-sucedido de São Paulo e leva uma vida aparentemente perfeita: mora em uma cobertura luxuosa, namora uma mulher lindíssima e pode ter tudo o que quiser. Mas todas as noites é atormentado por um sonho que o leva a um amor de outra vida. Assiste à morte na fogueira de uma jovem. E nesse momento promete: – Eu te amarei para sempre! Quando desperta, o sonho fica em sua cabeça. Envolvido por esse mistério, Alan vive dias de angústia. Tudo muda quando ele viaja para uma cidade do interior e encontra uma moça semelhante à que aparece em seu sonho. A profunda emoção que sente ao vê-la confirma que é a mesma pessoa. Essa é a primeira de várias evidências de que na vida nada acontece por acaso. Mas, para seu espanto, a moça foge aterrorizada ao deparar com ele. Agora Alan precisa descobrir quem é essa mulher e qual é a ligação entre eles. Para isso, terá que rever sua existência e descobrir que as coisas realmente importantes não podem ser compradas. Auxiliado pela Terapia de Vidas Passadas, ele se entregará a uma árdua jornada de autoconhecimento. E entenderá que, embora o passado não possa ser mudado, há uma nova vida para superar os erros e refazer os laços de amor, em busca de um futuro luminoso.
O menino da mala – Lene Kaaberbol – Arqueiro
O menino da malaSinopse: Chocada, Nina mal tem tempo de pensar no que fazer, pois um brutamontes furioso aparece atrás do garoto. Será que ela está diante de um caso de tráfico de crianças? Sem saber se deve confiar na polícia, ela foge com o menino e vai à procura de Karin, a única que pode esclarecer aquele absurdo. Quando descobre que a amiga foi brutalmente assassinada, Nina se dá conta de que sua vida está ameaçada e que o garoto também precisa ser salvo. Mas, para isso, é necessário descobrir quem ele é, de onde veio e por que está sendo caçado. Neste primeiro livro da série da enfermeira Nina Borg, vendido para 27 países, as autoras Lene Kaaberbøl e Agnete Friis apresentam uma heroína que luta contra seus demônios e busca fazer justiça em meio à crueldade e à indiferença do mundo.
Mulheres de cinzas: as areias do imperador – Mia Couto – Companhia das Letras
Mulheres de cinzaSinopse: Primeiro livro da trilogia As areias do Imperador, Mulheres de cinzas é um romance histórico sobre a época em que o sul de Moçambique era governado por Ngungunyane, o último grande líder do Estado de Gaza. Em fins do século XIX, o sargento português Germano de Melo foi enviado ao vilarejo de Nkokolani para participar da batalha contra o imperador que ameaçava o domínio colonial. Lá, ele encontra Imani, uma garota local de quinze anos que lhe servirá de intérprete. Enquanto um dos irmãos da menina lutava pela coroa de Portugal, o outro se uniu aos guerreiros tribais. Aos poucos, Germano e Imani se envolvem, apesar de todas as diferenças entre seus mundos. Porém, num país assombrado pela guerra dos homens, a única saída para uma mulher é passar desapercebida, como se fosse feita de sombras ou de cinzas
Um sonho de esperança – Nora Roberts – Bertrand Brasil
Um sonho de esperançaSinopse: Este livro faz parte da Trilogia do Sonho, onde a autora apresenta as vidas e os amores de três irmãs de coração. Neste último romance – ‘Um sonho de esperança’ – Laura Templeton descobre pela maneira mais díficil que nada na vida está garantido. Filha de ricos proprietários de uma rede de hotéis, sempre conheceu o conforto, o privilégio e a segurança. Mas aos trinta anos de idade tem o casamento destruído pela infidelidade do marido. O divórcio a deixa arrasada em termos financeiros e emocionalmente, mas determinada a reconstruir sua vida sem a ajuda da fortuna dos Templeton. Laura sempre se definiu como uma esposa, filha ou mãe. Agora deve finalmente descobrir a Laura mulher…
Anúncios
%d blogueiros gostam disto: