Biblioteca Pe. Moreau

Início » Posts etiquetados como 'Colégio Santa Maria'

Arquivo da tag: Colégio Santa Maria

Encontro com Jonas Ribeiro!

Os alunos do 2º ano do Fundamental tiveram um encontro mágico com o escritor Jonas Ribeiro!
Orquestra dos musicos de bremenAutor de mais de 100 livro, Jonas Ribeiro encanta crianças e adultos com sua escrita sensível, que toca o coração e aproxima as pessoas dos livros. Dentre suas publicações está “A orquestra dos músicos de Bremen”, livre versão do clássico “Os músicos de Bremen” dos Irmãos Grimm, e que foi trabalhada com as crianças do 2º ano.
Jonas Ribeiro13Jonas iniciou o encontro brincando de fazer poesia com as letras escolhidas pelas crianças, momento de muita interação e diversão! Depois, utilizando do seu mágico baú de histórias, o escritor fez a contação do livro “A assustadora bola fria e a gata que ninguém via”. Recheada de mistérios, sustos e risos, os alunos ficaram encantados com o jeito de contar histórias do autor que, os envolveu com o enredo, aguçou a curiosidade e instigou a imaginação dos pequenos!
Após a contação, os alunos fizeram diversas perguntas ao autor, tiraram fotos e tiveram seus livros autografados. Um momento lindo a ser lembrado por todos os alunos e professores!

 

 

Santa Leitura 2019!

O Projeto Santa Leitura foi criado em 2015 a partir de uma parceria entre a Biblioteca e a equipe de Língua Portuguesa do Fundamental II. O principal objetivo sempre foi o de incentivar a leitura e alcançar o público que no dia a dia mostrou-se mais distante e menos frequente na Biblioteca. Diante do desafio, foi proposto criar um projeto de leitura sem cobranças, com trocas entre os alunos, promovendo a leitura por prazer.
Santa Leitura 2019 1Desde que surgiu, o projeto passou por diversas alterações em seu formato e espaço utilizado, e este ano passou a acontecer em uma das salas da Biblioteca. As turmas de 6º ao 9º ano do Fundamental  tiveram momentos de visita à biblioteca, junto com os professores, para escolha livre de livros que agradassem seu gosto literário. Para tanto, a biblioteca preparou um espaço aconchegante com tatames e o caminhão “Book Truck”.
Santa Leitura 2019 2Após a escolha dos livros a serem emprestados, os alunos fizeram a leitura em casa e cada professor da série propôs atividades diferentes para os alunos. Dentre elas: confecção de cartazes com resenhas dos livros, apresentação oral dos livros aos colegas (utilizando dos recursos que quisessem), confecção de marcas página com indicações literárias e gravação de podcasts para troca de experiências de leitura com os colegas.
O projeto tem obtido ótimos resultados! Percebeu-se uma maior frequência de empréstimos fora do horário das aulas, indicações de livros por parte dos alunos para que a biblioteca adquira, e uma maior apropriação do acervo e do espaço da biblioteca pelos alunos do Fundamental II. É possível ver nesta prática caminhos para a formação de novos e assíduos leitores!

 

VISITAS À BIBLIOTECA:

 

INDICAÇÕES LITERÁRIAS:

 

Ouça os Podcasts através dos QR Codes ou clicando abaixo!

 

QR Code 1
Clique aqui!

 

QR Code 2
Clique aqui!

 

QR Code 3
Clique aqui!

 

QR Code 4
Clique aqui!

 

Semana da Criança!

Na Semana da Criança, os alunos da Educação Infantil participaram de atividades diversificadas e exploraram os espaços e prédios do Colégio Santa Maria!
Dentre as atividades estava inclusa uma visita à Biblioteca Central, frequentada pelos alunos a partir do Ensino Fundamental. As turmas do Jardim I e II visitaram o espaço,  exploraram suas salas, corredores do acervo, gibiteca e participaram de uma contação de história especialmente preparada para eles!
A fábula “A cigarra e a formiga” foi encenada aos pequenos trazendo valores, como amizade, solidariedade e trabalho em equipe. Ao final, todos se divertiram com muita música no baile da cigarra e da formiga!

 

 

Encontro entre autores e leitores!

Proporcionar encontros entre alunos e escritores resultam em incríveis trocas de experiências e conversas que vão além do conteúdo do livro, tornando aquele momento único. A Biblioteca Pe. Moreau busca promover, todos os anos, encontros entre autores e alunos, por considerar importante que o aluno conheça a história desse escritor, quais os processos de escrita e criação pelos quais o livro passou, e, principalmente, quais as referências e experiências de vida que esse autor traz de si para dentro de suas obras.
Confiram os encontros, ocorridos este ano, com os alunos da Educação Infantil e Fundamental I:

 

Jardim II – Vanessa Iannicelli
Number nightAs crianças do Jardim II tiveram um divertido encontro com a autora Vanessa Iannicelli, que veio ao colégio para fazer a contação de história, em inglês, do seu livro “Numbers nighty-night”. O livro visa ensinar, de forma lúdica, inglês às crianças através de números, animais, frases de rotina na hora de dormir, como se apresentar e saudações.
Após a contação, os alunos participaram de uma atividade com as ilustrações do livro, onde tinham que falar, em inglês, o nome do animal e o número representados nas imagens. Ao final, fizeram perguntas à autora e cantaram uma música com a teacher Bianca. Um encontro muito gostoso, interativo e informativo!

 

 

 

1º ano – Josca Ailine Baroukh e Lucila Silva de Almeida
Parkendas para brincarBrincar de roda, pular corda, bater palmas e outras brincadeiras tradicionais das crianças sempre são acompanhadas de músicas com rimas contagiantes que grudam na memória: uni duni tê; hoje é domingo, pé de cachimbo…; lá em cima do piano. As parlendas são textos literários orais tradicionais que povoam nossa memória, evocando as sensações da infância: cheiros, sabores, risos, corpos em movimento. No livro “Parlendas para brincar” há parlendas para todos os tipos de brincadeiras: de escolher, de recitar números, de rimar e até de enrolar a língua!
As autoras do livro Josca Ailine Baroukh e Lucila Silva de Almeida vieram ao colégio para conversar com os alunos do 1º ano do Fundamental. Josca conversou com as turmas da manhã e Lucila com as turmas da tarde. As crianças trabalharam o livro em sala e compartilharam suas curiosidades e parlendas preferidas com as autoras. A experiência foi muito rica e divertida, mostrando que podemos aprender brincando com as parlendas, principalmente no que diz respeito à memorização, raciocínio lógico, comunicação e oralidade!

 

 

 

 

3º ano – Olivio Jekupé
TekoaO livro “Tekoa – Conhecendo uma aldeia indígena”, de Olívio Jekupé, foi trabalhado com os alunos do 3º ano do Fundamental. O livro narra a história de Carlos, um menino da cidade que escolhe passar suas férias em uma aldeia, dando a oportunidade ao leitor de conhecer um pouco sobre nossas raízes indígenas, tão importantes na formação de nossa etnia.
Olívio Jekupé, autor descendente do povo tupi-guarani e engajado na questão indígena, encontrou com os alunos para conversar sobre o livro e apresentar algumas questões culturais dos indígenas aos alunos. As crianças fizeram perguntas sobre a vida na aldeia e sobre a profissão de escritor. O autor veio acompanhado de dois de seus filhos, Jeguaká e Tupã Mirim, que também escrevem livros com temática indígena, e apresentaram aos alunos algumas músicas tocadas e cantadas na casa de reza de sua aldeia Krukutu. As crianças ficaram encantadas com esse encontro tão enriquecedor!

 

 

 

4º ano – Silvana Salerno
Os alunos do 4º ano do Fundamental receberam a visita de Silvana Salerno, escritora de literatura para crianças e jovens com mais de 20 livros publicados, dentre eles, o premiado “Viagem pelo Brasil em 52 histórias” que apresenta mitos e lendas das cinco regiões do Brasil.
Viagem ao BrasilSilvana contou aos alunos que, para reunir todas essas histórias, viajou por todo o Brasil. Nas cidades por onde passou, ia recolhendo as histórias mais tradicionais do local através de conversas e pesquisas nas bibliotecas e museus da região. Para Silvana, “o folclore, ou a cultura popular, é um dos modos de expressão que melhor refletem o pensamento, o sentimento e a atuação de um povo. Transmitido oralmente de geração a geração, ele ajuda a compor a memória da nação, e é a memória que nos dá consciência e autoestima.” 
Os alunos fizeram diversas perguntas sobre sua carreira de escritora, sobre seus outros livros publicados e comentaram as lendas que mais gostaram de conhecer. Ao final, Silvana autografou os livros dos alunos e demonstrou toda sua satisfação em poder partilhar desse momento especial com seus leitores.

 

 

5º ano – Heloisa Prieto
1001 fantasmasO livro “1001 fantasmas”, adotado nas turmas do 5º ano do Fundamental, é narrado por meio da correspondência trocada entre as personagens, e traz a história de um garoto que, ao se ver em apuros, recorre aos colegas de uma sociedade milenar, a 1001 Fantasmas. A autora Heloisa Prieto estabelece um diálogo direto e informal com os jovens leitores e se vale de referências da literatura de mistério – à qual presta aberta homenagem – transformando a história em veículo de uma ideia fundamental: crescer não é enxergar o mundo por uma ótica desencantada, mas aprender a conviver com a ideia de que a razão não é capaz de abarcar a totalidade da vida.
Com esse enredo envolvente, o livro instigou a vontade nas crianças por conhecerem a escritora por traz da obra. Heloisa encontrou com os alunos no auditório, que a receberam calorosamente e fizeram diversas perguntas, principalmente, sobre o final em aberto do livro. A autora não o revelou, porém, os surpreendeu ao ler o primeiro capítulo do livro “1002 fantasmas”, ainda não lançado, aguçando ainda mais a curiosidade dos leitores.
Durante a conversa, Heloisa contou sobre sua carreira de escritora, suas inspirações e sobre sua relação com os contos de mistério e terror, herança de família das histórias contadas por sua mãe e sua avó. Sua obra publicada — mais de 70 livros entre contos e romances — abrange contos de fadas, fantasia, ficção, mistério e o relato de mitos e lendas indígenas. 
Ao final do encontro, a autora autografou os livros e tirou fotos com todas as turmas!

 

 

Encontro com Mia Couto!

O Colégio Santa Maria teve a honra de receber a visita do escritor Mia Couto para conversar com os alunos do 8º e 9º ano do Fundamental! 
_A7_5892_15042019_Mia Couto é um expoente da literatura africana. Com obras publicadas em 24 países, atualmente é o escritor moçambicano mais traduzido no exterior. Premiado internacionalmente, inclusive com o Prêmio Camões (2013) e com o Neustadt Prize (2014), é membro correspondente da Academia Brasileira de Letras e apresenta uma farta produção. Seu romance “Terra sonâmbula” é considerado um dos dez melhores livros africanos do século XX.
No Santa Maria, sua obra “A menina sem palavra” é trabalhada na disciplina de Língua Portuguesa com as turmas do 8º ano do Fundamental e o encontro com o autor era aguardado ansiosamente por alunos e professores.
_A7_5938_15042019_A conversa aconteceu no auditório de forma intimista e pessoal. Mia Couto falou sobre sua infância introspectiva e como encontrou na escrita a forma de expressar seus sentimentos e seu modo de ver a vida. Contou também, um pouco sobre a história de Moçambique, a guerra pela qual o país passou e que durou 16 anos, sobre quando lutou clandestinamente pela independência do país, e sobre o recente desastre que acometeu grande parte de sua cidade natal, Beira, com a passagem do Ciclone Idai.
Quanto à sua escrita, Mia Couto falou sobre neologismo (processo de criação de palavras), lirismo e explicou que, quando inicia um conto ele não sabe o que vai acontecer, a história vai sendo escrita e ele vai se descobrindo dentro da narrativa. É um “escritor da terra”, escreve e descreve as próprias raízes do mundo, explorando a própria natureza humana na sua relação umbilical com a terra. A sua linguagem extremamente rica e muito fértil em neologismos, confere-lhe um atributo de singular percepção e interpretação da beleza interna das coisas.
A troca de experiências durante o encontro foi muito rica, tanto para os alunos quanto o para o autor, que expressou sua alegria em poder estar no Brasil e compartilhar suas histórias e conhecimentos com os brasileiros, que para ele “é um povo contador de histórias, assim como, os moçambicanos”.
Confiram abaixo as fotos do encontro e um vídeo com trechos da fala de Mia Couto:

 

 

 

4º e 5º ano – Aulas de Biblioteca

As turmas do 4º e 5º ano do Fundamental participaram de diferentes Aulas de Biblioteca no decorrer do 2º semestre. As histórias apresentadas trouxeram diferentes temáticas para serem discutidas e instigaram a leitura de diferentes gêneros. Fotos e vídeos de algumas dessas aulas estão expostos a seguir.

 

4º ano – “O caso do espelho” – Ricardo Azevedo
O caso do espelhoA obra “Vou-me embora desta terra, é mentira não vou não” de Ricardo Azevedo, nos apresenta no conto “O caso do espelho” uma história de vida muito simples e engraçada, a qual nos leva a refletir em valores importantes que realmente fazem a diferença na vida de todo ser humano.
Neste conto popular, uma família simples se depara pela primeira vez com um espelho e muitas confusões são geradas por não saberem que aquele objeto apresenta o reflexo de quem o olha.
A história foi encenada de modo cômico, porém, após a contação, os alunos foram instigados a refletir sobre o modo como cada pessoa está propensa a ver aquilo que quer, de acordo com o que lhe é conveniente, e que jamais devemos julgar pelas aparências. Além disso, participaram de uma atividade na qual foram colocados em frente a um espelho para que descrevessem o que vêem em si, além da aparência (pontos positivos e negativos), e apontarem algo que aprenderam a partir da aula.

 

 

4º ano – “A cor da fome” – Jonas Ribeiro
7006913Este livro toca em um dos temas mais discutidos no mundo: a fome e seus resultados nefastos à nossa sociedade. O autor põe voz nessa fome na figura de um migrante que se comunica com a família deixada na terra natal, na tentativa de uma vida melhor. A narrativa foi encenada com o objetivo de despertar no aluno uma postura crítica frente a problemas sociais, sensibilizar o olhar humano para os mais necessitados, e fomentar o desejo e a esperança de um mundo transformado por meio da educação.
Após a contação, foi exibido um vídeo com situações reais sobre a temática e algumas ações que são realizadas para amenizar o problema de quem passa fome no Brasil, mostrando que, apesar dos problemas, devemos ter esperanças e agir para mudarmos a realidade que nos cerca.

 

 

4º e 5º ano – “A eleição da criançada” – Pedro Bandeira
51YscKG+EdLO livro de Pedro Bandeira traz uma interessante história sobre democracia e eleições em um ambiente escolar. As crianças da história se candidatam para representar os interesses dos alunos, porém, nem todos agem corretamente e um deles passa a imitar os maus políticos. Ao final, o candidato adversário tem uma ideia muito inteligente e a escola consegue solucionar o problema.
Com base na narrativa, as turmas foram colocadas para simular uma eleição. Alguns alunos foram escolhidos como candidatos e colocados em um debate para apresentar propostas de melhorias para problemas que se apresentam dentro da comunidade escolar. 
A estratégia funcionou muito bem, dando a possibilidade dos alunos se expressarem e entenderem um pouco acerca de um processo eleitoral, conscientizando-os de sua importância na escolha daqueles que nos representarão politicamente para dar “voz” ao povo.
Assistam ao vídeo abaixo para conhecer algumas das propostas e temas debatidos entre os candidatos:

 

 

 

5º ano – “Cada bicho em seu lugar” – Jonas Ribeiro
3252713O livro apresenta duas famílias com hábitos bem diferentes. A família dos porcos era um exemplo de educação, higiene e limpeza. A família dos humanos, por sua vez, nem tanto. A casa da fazenda era uma bagunça só, faltava comida, o mato crescia sem parar e nada estava no devido lugar. O chiqueiro, ao contrário, era o símbolo da organização e do asseio.
A história mostra como as aparências enganam e que sempre podemos aprender novos hábitos a partir de novas perspectivas, mesmo convivendo com pessoas extremamente diferentes. Além disso, reflete sobre a importância de cuidar bem do ambiente em que se vive, e que o hábito da boa higiene e limpeza traz benefícios em todos os sentidos, inclusive na prevenção contra doenças.
Os alunos expressaram o entendimento sobre a história e alguns desses depoimentos podem ser conferidos no vídeo abaixo:

 

 

Roda Viva com Alfredo Boulos Jr.!

A equipe do 7º ano do Fundamental, em parceria com a Biblioteca Pe. Moreau, realizou um Roda Viva com o autor Alfredo Boulos Júnior, mestre em História Social, doutorando em Educação, professor da rede pública e particular, e autor da coleção didática “História, Sociedade & Cidadania”.
Roda Viva - Alfredo Boulos13O encontro foi planejado com base no programa Roda Viva e proporcionou a participação de todos os alunos, organizados no seguinte formato: o entrevistado ficou no centro de um círculo formado pelos entrevistadores e pelo público. Os entrevistadores foram posicionados em um tablado, para que ficassem mais altos, e o entrevistado ficou sentado em uma cadeira giratória para que pudesse se posicionar na direção de quem lhe fazia a perguntaDurante a conversa, foram realizadas várias caricaturas do entrevistado, e perguntas foram feitas pelo público através das redes sociais.
Boulos falou sobre sua carreira, seu amor pelo estudo da história, sobre ser historiador e sobre as etapas da elaboração e confecção de uma obra didática. O autor ficou muito feliz em participar desse encontro que foi de grande riqueza para todos os estudantes!